O Dia no Grande Rio: Segurança reforçada

Secretaria de Saúde de Duque de Caxias garante que a partir desta segunda o Posto de Saúde da Família de Parada Angélica passará a contar com dois guardas municipais

Por adriano.araujo , adriano.araujo

Rio - A Secretaria de Saúde de Duque de Caxias garante que a partir desta segunda-feira o Posto de Saúde da Família de Parada Angélica passará a contar com dois guardas municipais. O reforço na segurança fora prometido na segunda-feira passada pela subsecretária de Atenção Básica, Márcia Caputo, a funcionários do posto. O encontro aconteceu logo depois que a unidade foi invadida por três homens armados, que roubaram dinheiro, joias, celulares e dois carros — um de uma enfermeira e outro de um médico. Márcia prometeu também que a PM reforçaria as rondas no bairro.

Clima de tensão 1

Na sexta-feira, uma funcionária do Posto de Saúde da Família contou à coluna que, sem reforço na segurança, o clima era de tensão, e cinco dos 21 profissionais, abalados com o ataque, afastaram-se com licença médica.

Clima de tensão 2

A funcionária, que não quis se identificar por temer represálias, contou ainda que pacientes informaram que os responsáveis pelo ataque são da própria região. Por isso, há medo de acontecerem novos ataques ao posto.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia