Cabo Frio é sede de debate sobre despoluição da Lagoa de Araruama

Audiência pública discutirá medidas para retomar o turismo nas águas da maior lagoa hipersalina do mundo

Por julia.amin

Cabo Frio - A Lagoa de Araruama será tema de uma audiência pública na quarta-feira (dia 14), a partir das 8 horas, no Teatro Municipal de Cabo Frio. O evento visa discutir com a sociedade civil medidas que possam minimizar a poluição causada não somente pelo despejo de esgoto in natura, mas também pelos efluentes tratados e que são despejados pelas Estações de Tratamento de Esgoto (ETEs), entre outros materiais.

Integrantes da comissão durante visita técnica em uma das estações de tratamento de esgoto da regiãoDivulgação


Promovida pela Comissão Especial de Despoluição da Lagoa de Araruama da Câmara Municipal de Cabo Frio, a audiência contará com a presença do prefeito cabofriense Alair Corrêa e do Secretário de Estado de Turismo, Ronald Ázaro, que esta semana esteve em Cabo Frio e comentou a importância do debate para retomar o turismo nas águas da maior lagoa hipersalina do mundo.

“A Lagoa de Araruama sempre foi considerada uma das melhores raias do mundo para vários tipos de esportes como vela e natação, entre outros. E esses eventos sempre atraíram muitos turistas para as cidades da Região dos Lagos. Infelizmente, apesar das notícias que sempre ouvimos, ao longo dos últimos anos, sobre sua recuperação, é sabido que a lagoa ainda não está apta para voltar a ser um ponto turístico como já foi um dia. Mas acredito que, a partir desta audiência, a situação irá mudar e a recuperação da lagoa ganhará um novo rumo”, disse Ázaro.

Outra alternativa analisada pela comissão, em conjunto com as câmaras das outras cidades, é a possibilidade de criarem um Consórcio pela Despoluição da Lagoa de Araruama, bem como uma rubrica permanente para a dragagem de vários pontos do corpo hídrico.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia