Volta Redonda investe em saúde

Prefeitura investe mais de 5 milhões de reais em obras de construção e reforma de 23 unidades de saúde municipais

Por helio.almeida

Rio - Volta Redonda está investindo R$ 5,1 milhões na reforma e construção de um total de 23 unidades da Rede de Atenção Básica do município para melhorar o atendimento aos usuários do SUS. As obras prosseguem e tem previsão de entrega entre 30 e 180 dias. O investimento total conta com verba do Ministério da Saúde e contrapartidas do município.

Volta Redonda investe em saúdeDivulgação

Das unidades em obras, 20 estão sendo reformadas com recursos do Ministério da Saúde, por meio do Programa de Requalificação de Unidades Básicas de Saúde – Requalifica UBS. As melhorias incluem ampliação de salas de educação em saúde, salas de coleta de sangue, de nebulização e de observação, além de novos consultórios. Só as obras do Requalifica UBS nos 20 postos somam um valor de R$ 2,6 milhões.

Novas unidades – Três novas Unidades Básicas de Saúde da Família (UBSFs) estão sendo construídas nos bairros 249, São João e São Carlos. O valor investido chega a R$ 2,5 milhões. As novas unidades e as que estão sendo reformadas vão receber sinal de Internet por fibra ótica, o que possibilitará a interligação de todas as unidades de Saúde com a Secretaria Municipal de Saúde (SMS).

A UBSF 249, com um valor de R$ 1,1 milhão, tem previsão de entrega para 180 dias, enquanto a UBSF São João, com investimento de R$ 1 milhão, deve ser inaugurada em 120 dias. O prazo de conclusão para a UBSF São Carlos, cujas obras estão orçadas em R$ 397 mil, é de 40 dias. Com estes investimentos, o objetivo da administração municipal é oferecer uma estrutura física acolhedora e adequada para o trabalho em saúde.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia