Araruama propõe reajuste de 12% para profissionais da educação

Esse projeto, segundo a prefeitura, reforça o compromisso de valorização profissional dos educadores da cidade

Por vinicius.amparo

Rio - O prefeito de Araruama, Miguel Jeovani, encaminhou para o Poder Legislativo Araruamense na quarta-feira (15), o Projeto de Lei nº 79/2014, que determina o reajuste, a título de revisão salarial, do salário base dos professores da rede municipal de ensino. O benefício será estendido a ativos, inativos e pensionistas.

“Estamos cumprindo o compromisso de reajuste assumido para a categoria dos professores em reuniões mantidas com o Sindicato dos Servidores, e esperamos até o final do governo repor os cerca de 42 por cento de perdas salariais. Também já estamos estudando o plano de cargos e salários dos demais servidores do município, além de em breve anunciar concurso público para o município”, disse o prefeito Miguel Jeovani.

A valorização do profissional da Educação tem sido uma das características do Governo Municipal, que vem oferecendo cursos de capacitação continuada aos profissionais que atuam em sala de aula.

“Os cursos favorecem a melhoria da qualidade do ensino em nossas escolas, pois permitem a reciclagem de conhecimentos e a troca de experiências entre os profissionais”, informou a secretária de Educação, Miryam Inêz de Lima.

Entre os projetos desenvolvidos pela Secretaria Municipal de Educação como estratégia para a formação continuada e consequente valorização do professor está a Jornada de Educadores de Araruama – JEDUCAR, que será realizada no próximo dia 31, com a presença de Elisa Lucinda e Eduardo Shinyashiki, dois renomados palestrantes que compartilharão suas experiências integradas com o campo da educação.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia