Guarda Marítima apreende coletes salva-vidas irregulares em Cabo Frio

Coletes confeccionados de forma irregular aumentam os riscos de afogamentos

Por vinicius.amparo

Rio - Em mais uma ação do projeto "Verão Seguro", a Guarda Marítima de Cabo Frio apreendeu neste último domingo (18), na Praia do Forte, coletes salva-vidas irregulares, que estavam sendo oferecidos pelos operadores de banana boat aos usuários.

Fora das especificações técnicas e sem serem homologados, os coletes apreendidos ameaçavam a segurança de quem estava no brinquedo. O comandante Sérgio Guedes, superintendente da Guarda Marítima, chamou a atenção para o perigo que causado por esse tipo de material irregular. "Contrariando as normas mínimas de segurança, os coletes encontrados apresentam características de terem sido confeccionados de forma artesanal, por pessoas sem o menor conhecimento sobre quais são as características e descrições técnicas que um colete salva-vidas tem que atender",  ressaltou o comandante.

Coletes irregulares foram apreendidos na Praia do ForteDivulgação

De acordo com as Normas das Autoridades Marítimas e a Lei Municipal que rege a atividade de exploração de esporte náutico nas praias de Cabo Frio, os coletes a serem usados pelas operadoras devem ser obrigatoriamente homologados. "Coletes sem homologação aumentam os riscos para os seus usuários, podendo até mesmo provocar a morte de quem o utiliza por afogamento",  completou Guedes.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia