Rio Rural implanta saneamento para mais 250 famílias de agricultores

Duas microbacias na Região Norte Fluminense foram beneficiadas com a instalação

Por vinicius.amparo

Rio - Mais 252 famílias de pequenos agricultores na Região Norte Fluminense foram beneficiadas com saneamento rural, implantado pelo programa Rio Rural, em um investimento de R$ 415 mil. No assentamento Antônio de Farias, na microbacia Rio Ururaí, em Campos dos Goytacazes, foram instalados kits de fossas sépticas para 59 famílias. A tecnologia, desenvolvida pela Embrapa, permite a destinação adequada dos dejetos, evitando a poluição da água e aumentando a qualidade de vida.

Um dos beneficiados em Campos, Gabriel de Oliveira, que vive da produção de leite e cultivo de aipim, banana e hortaliças, aprovou a instalação. "Com as fossas será possível aproveitar os resíduos na adubação da capineira e do bananal. Vamos melhorar a nossa produção e a questão sanitária", disse Gabriel.

Na microbacia Fazenda Tipity, no município de São Francisco de Itabapoana, também foram entregues fossas sépticas para 193 famílias de agricultores.

O saneamento é uma das ações do programa Rio Rural para o desenvolvimento sustentável. Ao todo, o programa já investiu R$ 8,5 milhões na implantação de cinco mil unidades de fossas sépticas biodigestoras, que estão sendo instaladas em microbacias de 24 municípios das regiões Norte, Noroeste e Serrana. No ano passado, mais de 120 famílias de Santa Maria Madalena, na Região Serrana, foram beneficiadas. O agricultor Romário da Fonseca Bizzo, da microbacia Terras Frias, ganhou o kit de instalação e viu a produção de hortaliças crescer.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia