Porto do Açu qualifica trabalhadores de São João da Barra

Oitenta operadores portuários deverão fazer parte do quadro de funcionários do local

Por vinicius.amparo

Rio - O Porto do Açu deverá aproveitar mão de obra de moradores de São João da Barra, onde está instalado. A reivindicação do município começa a ser atendida com a qualificação de trabalhadores da cidade pela Prumo Logística, operadora do porto.

Nesta terça-feira (7), foi realizada a formatura de 80 alunos do curso de Operador Portuário, realizado pela Prumo Logística, em parceria com a Secretaria Municipal de Trabalho e Renda e o Instituto de Capacitação Técnica Profissional (Incatep). O curso é parte do Programa de Qualificação Profissional da empresa, que tem como objetivo capacitar trabalhadores do município para o mercado de trabalho.

Foram dois meses de curso,  para preparação e qualificação dos 80 aprovados que irão atuar no mercado de trabalho portuário, que está em grande ascensão na região norte do estado, principalmente no município de São João da Barra. Mais de 300 candidatos sanjoanenses foram recrutados para realizarem teste de conhecimentos, entrevistas e pesquisa social. 

Durante o curso, os alunos aprenderam técnicas de movimentação para embarque e desembarque de carga em geral, armazenagem, estocagem, empilhamento, segurança e saúde na área portuária e ambiental, além de noções de legislação portuária, logística de materiais, entre outros.

“A inserção da mão de obra de São João da Barra no mercado de trabalho é um dos pilares do nosso empreendimento. E o nosso Programa de Qualificação, além dos que são realizados pelas empresas que já atuam no porto, permite ampliar as oportunidades para os moradores do município”, destaca a gerente de RH da Prumo, Beatriz Taranto.


Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia