Estado libera verba para construção de ponte que ligará Norte Fluminense

Construção custará R$ 40 milhões e ligará os municípíos de São João da Barra e São Francisco de Itabapoana

Por marlos.mendes

RIO - O Governo do Estado liberou, na semana passada, R$ 40 milhões para a segunda etapa das obras de construção da ponte que ligará os municípios de São João da Barra e São Francisco de Itabapoana, no Norte Fluminense. A liberação do recurso foi publicada no Diário Oficial do dia 29 de maio.

O projeto já havia recebido investimento estadual de cerca de R$ 10 milhões. Os trabalhos da nova fase da obra deverão ser iniciados em até três semanas e a previsão é de que a intervenção seja concluída no primeiro semestre de 2016.

Localizada sobre o Rio Paraíba do Sul, a ponte terá 1.344 metros de extensão e 16,2 metros de largura. Com investimento total de R$ 105,7 milhões, a obra – realizada pelo DER (Departamento de Estradas de Rodagem) – é aguardada há mais de 30 anos pelos moradores da região.

O empreendimento beneficiará cerca de 30 mil pessoas que, atualmente, fazem o deslocamento entre as duas cidades passando por Campos dos Goytacazes, através da RJ-194, percorrendo uma distância que pode durar, aproximadamente, uma hora e meia. Com a nova estrutura, o trajeto entre os municípios terá seu tempo reduzido para 20 minutos.

A ponte também vai permitir a extensão da RJ-196 até à BR-356, na localidade de São Domingos, em São João da Barra, ajudando a incrementar o escoamento da produção de fruticultura e de cana-de-açúcar das usinas do Norte Fluminense. Além disso, a estrutura também facilitará o acesso de visitantes às diversas praias e hotéis-fazenda da região, promovendo o crescimento do fluxo turístico e contribuindo para a geração de empregos.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia