Inscrições para o Festival Gastronômico de São Gonçalo começam nesta quarta

A população também ajudará a eleger o melhor sabor da cidade através de votação no site do evento

Por lucas.freitas

São Gonçalo (Rj) - Começa nesta quarta-feira (15/07) a inscrição para o primeiro festival gastronômico da cidade, o Sabores de São Gonçalo, promovido pela secretaria de Turismo e Cultura. Responsáveis por restaurantes, bares e botecos podem se inscrever até o dia 15 de agosto para concorrer ao título de melhor sabor de São Gonçalo. As inscrições só poderão ser feitas on line, através do site: www.pmsg.gov.br/smtc/saboresdesaogoncalo. A participação é gratuita.

Após as inscrições, um grupo composto por seis jurados (duas cozinheiras, dois chefs de cozinha e dois jornalistas) irá até os estabelecimentos com o objetivo de avaliar o prato inscrito no festival. Além do júri especializado, a população também ajudará a eleger o melhor sabor da cidade através de votação no site do evento. Os critérios avaliados serão: originalidade e criatividade, apresentação do prato, organização do estabelecimento, atendimento, decoração do ambiente, higiene e limpeza e o sabor do prato (item que terá a maior pontuação).

Os votos serão computados até o dia 30/09. Os quinze mais bem colocados poderão apresentar os pratos inscritos no festival em um evento a ser realizado no Centro Cultural Joaquim Lavoura. Nesta mesma data serão conhecidos os vencedores do concurso, que terá como categoria: Receita doce – restaurante, lanchonete e bar mais votados e Receita Salgada – restaurante, lanchonete e bar mais votados. Os seis estabelecimentos vencedores receberão troféu, diploma e farão parte do Guia Gastronômico de São Gonçalo, que será lançado após o festival.

De acordo com o secretário de Turismo e Cultura, Michel Portugal, o evento tem como objetivo fazer com que o gonçalense conheça mais da culinária local, além de fazer com que a gastronomia da cidade seja reconhecida em todo o estado.

“Nós sabemos que pessoas de outras cidades vem até São Gonçalo para comer em alguns lugares que são conhecidos por alguns como referências em certos pratos. Muitas das vezes nem mesmo a população local sabe da existência desse restaurante, bar ou lanchonete. Nosso objetivo é conhecer esses lugares a ponto de recomendá-los enquanto atração gastronômica da cidade, o que incrementa o turismo”, explicou Michel Portugal.

Uma das exigências do concurso é que o prato inscrito tenha como base o aipim, uma das principais culturas agrícolas presente na história da cidade, tanto que um dos distritos do município chama-se Ipiíba, que em tupi significa “planta de aipim”, evidenciando o forte plantio da raíz na localidade. Para Michel Portugal, ao colocar o aipim como exigência do concurso abre-se a possibilidade de um maior contato com os produtores locais.


Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia