Mais Lidas

Bolsonaro vai para Brasília

Presidente viaja hoje. Grupo de transição começou a trabalhar oficialmente ontem

Por

Onyx Lorenzoni: deputado foi nomeado ministro extraordinário
Onyx Lorenzoni: deputado foi nomeado ministro extraordinário -

O presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) viaja hoje para Brasília com seus principais assessores. Ele participará de uma sessão no Congresso em comemoração aos 30 anos da Constituição de 1988. Amanhã, Bolsonaro deverá se reunir com o presidente Michel Temer.

Ontem, o deputado federal Onyx Lorenzoni (DEM-RS) foi nomeado para o cargo de ministro extraordinário e começou as reuniões com a equipe de transição do presidente eleito, que ele coordena. Outros 22 integrantes da equipe foram nomeados, com cargos remunerados. Lorenzoni será o titular da Casa Civil a partir do ano que vem.

"Deveremos já, até o final da semana, ter a equipe ampliada com os novos nomes que vão ser apresentados", informou Lorenzoni. O ministro afirmou que a fase agora é de "muito trabalho e pouca conversa".

Os integrantes do novo governo continuam sem uma definição sobre a possível votação da Previdência esse ano. Bolsonaro defendeu ontem que seja aprovada alguma mudança. Ele propõe a fixação da idade mínima para 61 anos para os homens e 56 para mulheres. "Se este ano for possível, vamos passar para 61 anos a idade mínima para o serviço público para o homem, 56 para a mulher, e majorar também o ano nas demais carreiras", disse o presidente eleito em entrevista à TV Aparecida.

Indicado como ministro da Defesa de Bolsonaro, o general Augusto Heleno afirmou que a presença de muitos militares no futuro governo é uma questão de coerência.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários