Bolsonaro realiza transmissão de 3 minutos devido a determinação médica

Mesmo se recuperando de uma cirurgia de hérnia, Bolsonaro não deixou de fazer a tradicional live no Facebook

Por O Dia

Bolsonaro fez transmissão do hospital em sua página no Facebook
Bolsonaro fez transmissão do hospital em sua página no Facebook -
São Paulo - Mesmo em recuperação da cirurgia de hérnia realizada no último domingo, o presidente Jair Bolsonaro não deixou de fazer suas transmissões semanais em sua página do Facebook. Desta vez, a live teve duração de três minutos. No começo da transmissão, ele disse que não poderia falar mais de dois minutos, por determinação médica.
No quarto do hospital Hospital Vila Nova Star, em São Paulo, Bolsonaro falou sobre as principais notícias do governo na semana. Uma delas é que a medida provisória da Liberdade Estudantil, que cria uma carteirinha digital gratuita para alunos dos ensinos fundamental, médio ou superior, será votada na semana que vem. Bolsonaro também citou a assinatura da MP da pensão vitalícia para crianças com microcefalia, no dia 4. 
Bolsonaro mencionou, ainda, que recebeu, nesta quinta-feira, uma visita do chefe da equipe médica que realizou sua cirurgia no abdômen na Santa Casa de Juiz de Fora, quando levou uma facada durante a campanha presidencial, no dia 6 de setembro do ano passado. "Foi uma visita que não tive como não me emocionar", disse. 
 
Segundo nota divulgada nesta quinta-feira pelo porta-voz da Presidência, Otávio Rêgo Barros, o presidente Jair Bolsonaro ficará afastado do cargo por mais quatro dias. A previsão é que ele volte a reassumir o cargo na próxima terça-feira. O vice-presidente, Hamilton Mourão, ocupa o cargo de presidente da República de forma interina desde domingo.
Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários