Defesa Civil Jovem será lançado nesta quinta-feira

Cem alunos serão capacitados para se tornarem monitores

Por O Dia

Agentes da Defesa Civil realizam ação de conscientização
Agentes da Defesa Civil realizam ação de conscientização -
Petrópolis - A prevenção de desastres de origem natural inserida nas salas de aula de escolas estaduais. Este será o objetivo do Defesa Civil Jovem, programa que será lançado nesta quinta-feira, em Petrópolis. A iniciativa irá capacitar 100 alunos do ensino médio para que se tornem monitores do Defesa Civil nas Escolas em suas instituições de ensino e em escolas com educação infantil e fundamental. O programa conta com o apoio do grêmio estudantil do Colégio Estadual Princesa Isabel.

"No último semestre, apenas duas escolas estaduais aderiram ao Defesa Civil nas Escolas. Dessa forma, em parceria com os grêmios estudantis, a gente consegue abordar a prevenção de desastres em mais salas de aulas com os adolescentes", explica o secretário de Defesa Civil e Ações Voluntárias, coronel Paulo Renato, ressaltando ainda a importância do trabalho com os alunos em sala de aula.

"O objetivo principal é garantirmos um futuro resiliente para a cidade, orientando as crianças e os adolescentes", completa o coronel. Além dos estudantes do Princesa Isabel, serão capacitados também alunos do Rui Barbosa, Cardoso Fontes e Dom Pedro II.

"Uma grande parte dos petropolitanos já presenciou alguma ocorrência causada pelas chuvas fortes, seja um deslizamento de terra ou alagamento. Acredito que as turmas estarão engajadas também nesse assunto", disse Everton Dias, presidente do grêmio estudantil do Princesa Isabel.

No primeiro semestre deste ano, o Defesa Civil nas Escolas envolveu mais de 20 mil alunos em 631 atividades. Os trabalhos foram desenvolvidos em todas as 180 unidades da rede municipal, além de outras 30 particulares e outras duas estaduais. Os alunos trabalharam as ameaças de inverno. O Defesa Civil Jovem será criado para ampliar esses números, atendendo mais estudantes.

"Esperamos envolver ainda mais alunos neste semestre, que estão sendo trabalhadas as ameaças relacionadas ao período de chuvas fortes. O Defesa Civil Jovem será direcionado para os adolescentes, criando uma cultura de percepção de riscos e de prevenção aos desastres de origem natural”, explicou o coronel Paulo Renato. 
Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários