Petrópolis vive expectativa do aumento no número de vagas de emprego com a proximidade do final do ano

Em setembro o saldo já foi positivo na criação de novos postos

Por O Dia

Comércio é o que mais oferece novas vagas de emprego
Comércio é o que mais oferece novas vagas de emprego -
Petrópolis - Trabalhando há um mês como supervisora de caixa em um supermercado recém-inaugurado, Maiara Rodrigues, de 34 anos, não esconde sua felicidade: "Estar empregada é tudo. Não consigo descrever a minha felicidade. É uma sensação maravilhosa poder acordar todos os dias e seguir para o meu trabalho".

Maiara é uma das pessoas que conseguiram uma oportunidade no mercado de trabalho recentemente na cidade. Só no supermercado onde está trabalhando, outras 71 pessoas foram empregadas no último mês. E o otimismo na criação de novas vagas pode ser comprovado pelos números do Cadastro Geral de Empregos: 379 novos postos de trabalho foram criados apenas em setembro.

"A cidade tem uma atmosfera interessante. A empresa é do Rio de Janeiro e pesquisou, analisou a região e resolveu instalar o mercado em Petrópolis. Estamos muito felizes com o resultado que estamos alcançando. Em um mês, posso dizer que a expectativa é muito boa. Inauguramos a loja mês passado, temos 72 funcionários e ainda há vagas para serem preenchidas. O mercado está aquecido e isso é bom para todos", afirmou Alex Sandro da Silva, gerente de um mercado que foi inaugurado no último dia 24.

A evolução do emprego por setor de atividade econômica mostra ainda que dois setores foram responsáveis pela maior parte das vagas: comércio e serviços, que registraram, respectivamente, 212 e 167 vagas. O levantamento foi realizado pela Caged.

"São setores que seguem a tendência de aumento no oferecimento de vagas nessa época do ano e é um resultado muito positivo porque impulsiona novas contratações e investimento nos setores”, explica o secretário de Desenvolvimento Econômico, Marcelo Fiorini.

Na comparação com cidades vizinhas, Petrópolis se mantém em destaque. No total acumulado no ano, são 501 novas vagas criadas na cidade em 2019 e em 12 meses o saldo é de 766. Em Nova Friburgo, no mês de setembro, foram criadas 284, enquanto que em Teresópolis o saldo foi negativo no mesmo período: perda de 13 vagas.

"É uma boa notícia para os setores produtivos e cidade como um todo, porque mostra a confiança dos empresários e empreendedores. A expectativa é de que novas vagas sejam criadas no final do ano, com a proximidade das festas. No ano passado o Balcão de Empregos da prefeitura registrou um aumento significativo no número de vagas cadastradas no final de ano, muitos para o comércio que busca reforço para as vendas no final do ano", afirmou o prefeito Bernardo Rossi.

Balcão de Empregos: oportunidade para quem busca recolocação

Para os empresários que estão em busca de mão de obra qualificada, a prefeitura oferece gratuitamente o cadastro de vagas no Balcão de Empregos e, consequentemente, oferece o suporte de cadastro de empregos para aqueles que buscam uma requalificação no mercado de trabalho, como explica Fiorini:

"O serviço é gratuito. O sistema faz uma triagem nos currículos cadastrados, que são encaminhados para as empresas. Quando não há lugar para a realização dos processos seletivos, a Secretaria de Desenvolvimento Econômico auxilia, oferecendo o Espaço Empreendedor para a realização das ações", revela o secretário.

Em 2017, o Balcão de Empregos da prefeitura ofertou 318 vagas. No ano passado, foram 329, e mais 700 oferecidas durante uma feira de empregos realizada na Casa dos Conselhos. Em 2019, até o momento, já foram cadastradas no Balcão 467 novas vagas.
Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários