Atualmente abandonado, prédio vem sendo apontado como local de invasões e consumo de drogas - Divulgação/Prefeitura de Petrópolis
Atualmente abandonado, prédio vem sendo apontado como local de invasões e consumo de drogasDivulgação/Prefeitura de Petrópolis
Por Ney Freitas
Petrópolis - A Justiça acolheu o pedido do município para desapropriação do imóvel do antigo clube Centenário, que passará a abrigar uma Unidade de Saúde para atender moradores da região do Bingen. A decisão favorável ao município foi proferida no fim da tarde da última quinta-feira pelo juiz Alexandre Teixeira, da 4ª Vara Cível. A partir da desapropriação, a Secretaria de Saúde inicia o projeto que irá nortear as obras de adequação do prédio para a abertura da Unidade Básica de Saúde com estratégia de Saúde da Família.
A declaração de utilidade pública para fins de desapropriação do imóvel foi publicada no Diário Oficial do dia 17 deste mês. O decreto considera o estado de abandono do Clube Centenário, cita que o local chegou a ser invadido por suspeitos de latrocínio e pontua, ainda, o relato de vizinhos que apontam ocorrências de invasões e consumo de drogas no prédio.
Publicidade
A intenção do prefeito é reverter um local que hoje está degradado, em prol da sociedade, ou seja, um imóvel que hoje é motivo de preocupação para os moradores passará a abrigar um equipamento de saúde para atender as pessoas”, destaca o procurador Geral do Município, Sebastião Médici, que ingressou com a ação na Justiça reivindicando a desapropriação.
A proposta da Secretaria de Saúde é alocar na nova unidade ao menos três equipes de profissionais de saúde, compostas por médico, enfermeiro, técnico de enfermagem, dentista, auxiliar de saúde bucal e agentes de saúde. A pasta estuda também a possibilidade de que o posto funcione também com o programa Saúde na Hora, que dispõe de horário estendido de funcionamento, das 8h às 20h.