Prefeitura mobiliza frentes de limpeza da cidade após chuvas

Serviços estão sendo realizados em diversos pontos de Petrópolis e contam com grande número de funcionários

Por Ney Freitas

O trabalho de limpeza teve início ainda na noite da última quinta-feira
O trabalho de limpeza teve início ainda na noite da última quinta-feira -
Petrópolis - Foram acionados mais de 110 funcionários da Comdep, Secretaria de Serviços, de Obras e de Meio Ambiente para os trabalhos de limpeza e manutenção viária nesta sexta-feira, um dia após a forte chuva que atingiu a cidade. O serviço deu sequência à atuação iniciada ainda na noite desta quinta, quando foi registrado chuva quase sete vezes acima do esperado, 200 milímetros em quatro horas.
A Comdep fez raspagem de lama nas ruas Coronel Veiga, Souza Franco e Rua Teresa, no Centro, Vidal de Negreiros, Felipe Camarão e Hermogênio Silva, no bairro Retiro, Cardoso Fontes e Sargento Fontes, na Castelânea, rua Pedro Ivo, no bairro Morin, e outras nos bairros Quissamã, Estrada da Saudade, Corrêas e Nogueira.
Outro serviço realizado foi a limpeza da boca do túnel extravasor, na Rua Souza Franco. A chuva de quinta arrastou galhos de árvore e folhagem que atrapalham o escoamento normal da água e pode causar transbordamentos. A Secretaria de Obras deslocou uma equipe para retirar pedaços de asfalto que se desprenderam nas ruas Monsenhor Bacelar e Fonseca Ramos. Esses locais receberão aplicação de asfalto novamente. Também houve serviços nas ruas Amaral Peixoto, Travessa Niterói e Napoleão Esteves para serviços de manutenção viária.
Outro local atendido foi a subida do Castelinho, que dá acesso às torres de telefonia, provedores de internet, emissoras de rádio e TV e outras empresas. A chuva prejudicou as condições do trecho, atrapalhando a passagem de veículos, e, por isso, uma retroescavadeira continua fazendo a manutenção no local. O serviço usa ainda brita corrida para nivelar a pista e eliminar buracos.
A Secretaria de Meio Ambiente atuou em locais como Centro, Retiro, Corrêas e Nogueira fazendo vistorias técnicas em árvores para verificar a necessidade de remoção ou poda e para atestar a segurança delas nas áreas mais atingidas pela chuva.
Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários