Novo aparelho de eletrocardiograma do SAMU acelera socorro aos infartados

Com a tecnologia, em poucos minutos é possível se certificar se o paciente está sofrendo um infarto, ainda a caminho da unidade médica

Por O Dia

O novo aparelho é interligado a um celular. Em poucos minutos os médicos emitem o laudo acelerando o tratamento dos pacientes
O novo aparelho é interligado a um celular. Em poucos minutos os médicos emitem o laudo acelerando o tratamento dos pacientes -
Petrópolis - A ambulância avançada do SAMU, base Petrópolis, já está rodando com o novo aparelho de eletrocardiograma interligado ao Instituto do Coração (Incor). Com a tecnologia, em poucos minutos é possível aos médicos ter certeza se o paciente está sofrendo um infarto, ainda a caminho da unidade médica. Tanto o aparelho, quanto o serviço de emissão do laudo do eletrocardiograma, são fornecidos sem custos ao município.

Para ter acesso à tecnologia, o SAMU Petrópolis se habilitou junto ao Incor atendendo a importantes requisitos da unidade. O eletrocardiograma portátil é interligado a um aparelho celular. Médicos e enfermeiros socorristas do SAMU, profissionais que podem atuar no socorro deste tipo de ocorrência, passaram por treinamento do Incor para sua utilização. Durante o atendimento, com a suspeita de infarto, é feita a reprodução gráfica da atividade cardíaca que é enviada via celular para uma central médica. Nesta central, um cardiologista faz a leitura do exame e em poucos minutos envia o laudo, também via celular, para os socorristas. Tudo por meio de um aplicativo, explicou o coordenador do SAMU, José Geraldo da Rocha. “Os 14 médicos e enfermeiros que atuam no SAMU Petrópolis já estão devidamente habilitados para usar o sistema”, informou o coordenador.

Com este resultado, no caso positivo para o infarto, já iniciamos a medicação e chegamos na unidade de referência com o exame pronto. A rapidez neste atendimento pode evitar maiores complicações dos casos atendidos”, explicou a socorrista do SAMU, enfermeira Marcela Barcellos.

O SAMU base Petrópolis é administrado pela Secretaria Municipal de Saúde. Na unidade também funciona a Central de Regulação do atendimento das ambulâncias do SAMU de outros seis municípios da Região Serrana: Guapimirim, Cantagalo, Carmo, Sumidouro, São José do Vale do Rio Preto e Cachoeiras de Macacu.
Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários