Prefeito Bernardo Rossi inaugura a primeira UPA em Itaipava

Unidade para atendimento de urgência e emergência dos distritos tem funcionamento 24 horas e já está em operação

Por Ney Freitas

Inauguração da unidade foi motivo de comemoração neste sábado
Inauguração da unidade foi motivo de comemoração neste sábado -
Petrópolis - Foi inaugurada na manhã deste sábado a primeira Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Itaipava. A unidade, que irá beneficiar 90 mil moradores da região e dos distritos, terá funcionamento 24 horas e já está em pleno funcionamento. "Hoje foi um dia de festa. Inaugurei a tão sonhada UPA de Itaipava. Um verdadeiro marco para os distritos. E a unidade não poderia ter recebido um nome melhor: Padre Quinha! Uma justa homenagem àquele que salvou tantas vidas. Cerca de 90 mil moradores vão ser beneficiados com o atendimento de urgência e emergência. Enquanto muitas cidades estão fechando hospitais, a saúde de Petrópolis segue avançando", declarou o prefeito Bernardo Rossi.
Moradores da região estiveram presentes e fizeram questão de agradecer o presente entregue pela prefeitura. Um deles foi Antônio de Lima, de 94 anos de idade, que chegou a se emocionar durante boa parte da cerimônia. "Nós sofremos aqui há mais de 50 anos com problemas causados pela falta de um pronto socorro ou uma UPA. Ainda não inventaram palavras que possam expressar a nossa satisfação, a nossa alegria e a nossa felicidade em termos uma UPA, principalmente com o nome de Padre Quinha", afirmou o morador.
José Carlos Medeiros Nunes, o Padre Quinha, ficou conhecido pelo belo trabalho filantrópico e de evangelização em inúmeros bairros da cidade. O padre foi, ainda, o fundador da Associação Oficina de Jesus, no ano de 1997, entidade que presta assistência espiritual, psicológica, médica e social a dependentes químicos na cidade de Petrópolis. "Temos certeza que Padre Quinha está aqui, agora, abençoando este local para que cada dia mais pessoas tenham acesso à saúde na cidade", afirmou Odete Bezerra, moradora de Itaipava há 30 anos e que também fez questão de acompanhar de perto a inauguração da unidade.

Uma Parceria Público Privada possibilitou que o Grupo Petrópolis fizesse a doação de todo o equipamento e mobiliário necessário para a montagem da UPA, num montante de aproximadamente R$ 1,8 milhões. As equipes foram formadas por médicos clínicos, médicos pediatras, enfermeiros, técnicos de enfermagem, técnicos de Raio X e de laboratório e técnicos de análise clinicas.
A unidade está funcionando na Estrada União e Indústria, número 11.175, atendendo a casos de urgência e emergência, adulto e infantil. A Prefeitura afirma que a UPA será custeada pelo município e a administração será feita pelo Serviço Social Autônomo Hospital Alcides Carneiro (SEHAC), como ocorre nas demais UPAs da cidade, nos bairros de Cascatinha e Centro.
Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários