Petrópolis contabiliza terceiro caso com resultado positivo para Coronavírus em menos de uma semana

Paciente tem 67 anos e era esposa da primeira vítima fatal da doença na cidade. Ela apresenta bom quadro de saúde e deve ter alta hospitalar na próxima semana

Por Ney Freitas

Paciente era esposa do homem que faleceu nesta sexta-feira, primeira vítima fatal da doença em Petrópolis
Paciente era esposa do homem que faleceu nesta sexta-feira, primeira vítima fatal da doença em Petrópolis -
Petrópolis - Subiu para três o número dos casos confirmados de contaminação pelo Coronavírus na cidade. A vigilância epidemiológica foi informada na tarde deste sábado (21/03) pela Secretaria Estadual de Saúde. A paciente tem 67 anos de idade, é moradora de Petrópolis e deu entrada no Hospital Santa Teresa no mesmo dia do marido, morto na noite desta sexta-feira (20/03) após dez dias de internação. Os dois estiveram juntos em recente viagem ao Egito, onde, provavelmente, contraíram a doença. Ambos começaram a sentir os sintomas no início deste mês.
Desde que a cidade começou a contabilizar os números, tanto de casos suspeitos quanto de infecção, 45 ocorrências, ao todo, foram registradas. Destas, dez já foram descartadas pela vigilância epidemiológica, três apresentaram resultado positivo, 32 aguardam os resultados dos exames de laboratório e um veio a óbito. A prefeitura aguarda alguns resultados para o início da próxima semana.
Infelizmente mais um caso positivo para o Coronavírus apareceu na cidade. Ficamos felizes por saber que a paciente está bem e que deve sair do hospital ainda na próxima semana. Continuamos tomando todas as providências e mantendo severidade nas medidas para o bem da população. Volto a pedir para que todos permaneçam em casa”, disse o prefeito Bernardo Rossi.
Outras medidas para evitar a disseminação da doença serão tomadas ainda na próxima semana, como o fechamento do comércio em todo o município a partir da próxima segunda-feira (23/03). “Estamos fazendo de tudo para manter as pessoas em casa, mas precisamos que elas acreditem em nós e percebam a seriedade do problema pelo qual estamos passando”, afirmou a secretária de saúde, Fabíola Heck.

Comentários