Cláudia da Conceição é agente há 23 anos e já tinha sido a primeira mulher a alcançar o posto de subcomandante da Guarda em julho de 2018 - Caio Garin
Cláudia da Conceição é agente há 23 anos e já tinha sido a primeira mulher a alcançar o posto de subcomandante da Guarda em julho de 2018Caio Garin
Por O Dia
Petrópolis - Pela primeira vez na história, a Guarda Civil será liderada por uma mulher. Cláudia da Conceição assume como comandante da corporação, substituindo Jeferson Calomeni, que está se desincompatibilizando do governo municipal. Também estão deixando o secretariado da prefeitura os titulares das pastas de Defesa Civil, Paulo Renato Vaz, e de Meio Ambiente, Fred Procópio.

Cláudia da Conceição é agente há 23 anos e já tinha sido a primeira mulher a alcançar o posto de subcomandante da Guarda em julho de 2018. Em fevereiro do ano seguinte, ela ocupou o comando interinamente durante as férias de Calomeni. Agora, ela fica no cargo definitivamente.

O convite foi feito pessoalmente por Bernardo Rossi esta semana, que destacou que ela chega ao cargo em um momento único, o enfrentamento de uma pandemia. O prefeito ressaltou que Cláudia tem como missão liderar a Guarda para “proteger os petropolitanos de um inimigo invisível, que não dá para pegar”, em referência ao novo coronavírus.

Acho que você, como mulher e conhecedora da Guarda, vai poder ajudar muito a cidade nisso. Você vai precisar comandar a Guarda de uma forma diferente. Nesse momento, é preciso trabalhar muito para fazer valer os nossos decretos, manter a ordem pública. É um foco diferente do que vinha sendo feito, por exemplo, nos grandes eventos, com a segurança do público. Nós estamos fazendo o dever de casa na área da segurança, mas agora nós temos que manter isso e ao mesmo cuidar da proteção da vida das pessoas”, destacou o prefeito Bernardo Rossi, desejando boa sorte para a nova superintendente geral.

Prometo não decepcionar essa confiança dada por você, prefeito, a secretária Karina Bronzo, o coordenador Djalma Januzzi, e mais ainda a nossa Guarda Civil. A gente sempre caminhou lado a lado e agora será ombro a ombro”, disse Cláudia. Ela ainda agradeceu o empenho do prefeito em melhorar as condições de trabalho para a corporação, como a aprovação do sistema de promoção automática da Guarda, no ano passado.


Mudanças no secretariado


O secretário de Defesa Civil e Ações Voluntárias, coronel Paulo Renato Vaz, será substituído pelo diretor de capacitação e treinamento da pasta, Anderson Pinheiro. Na Secretaria de Meio Ambiente, Fred Procópio pediu exoneração e o substituto será anunciado nos próximos dias. Os dois ex-secretários também estão se desincompatibilizando do governo municipal.

Também deixam o governo o diretor do Instituto Municipal de Cultura e Esportes, Marcelo Florêncio; o diretor de Trabalho e Renda da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Gil Magno; e o assessor chefe do Centro de Referência em Saúde do Trabalhador, Gustavo Cabral.