Prefeitura é notificada sobre mais dois óbitos de pacientes infectadas pelo Coronavírus na cidade

As informações chegaram no início da tarde desta quarta-feira. Pacientes estavam internadas no HMNSE, unidade de referência da cidade

Por Ney Freitas

Os dois resultados chegaram no início desta tarde
Os dois resultados chegaram no início desta tarde -
Petrópolis - Mais dois óbitos foram confirmados na tarde desta quarta-feira no município. As notificações foram enviadas pela Vigilância Epidemiológica no início desta tarde. Ambas as pacientes eram do sexo feminino. A primeira tinha 49 anos de idade, faleceu nesta quarta-feira e era moradora do Centro da cidade. Ela deu entrada no Hospital Municipal Dr. Nélson de Sá Earp na tarde do último dia 11 de abril, onde foi internada e teve exame coletado no mesmo dia. Segundo informações da equipe médica que atendeu a paciente, ela apresentava quadro severo e pré-existente de insuficiência cardíaca.

O segundo caso se refere a uma paciente de 79 anos, moradora do bairro Samambaia. Ela foi internada no dia 15 de abril, também no HMNSE, hospital de referência no tratamento aos casos de COVID-19 na cidade, faleceu nesta terça-feira, dia 21 de abril, e teve exames coletados ainda em casa, no dia 10 deste mês. Dados das equipes médicas informaram que ela também tinha histórico de doenças cardíacas, neurológicas e demência. Os dois resultados chegaram no início desta tarde.

Infelizmente mais duas mortes na nossa cidade nesta quarta-feira. Lamentamos demais dar informações assim, mas continuamos trabalhando dia após dia para que a população não sofra com a chegada desta doença. Continuamos pedindo a todos para que evitem as aglomerações e tomem os cuidados necessários para sua própria proteção. Precisamos achatar essa curva para que possamos aliviar a demanda nas unidades de saúde da cidade”, afirmou o prefeito Bernardo Rossi.

Petrópolis mantém seus decretos na intenção de preservar a saúde geral do município e vem seguindo as determinações do Governo do Estado. “Resolvemos seguir o Estado para tentar achatar ainda mais nossa curva de contaminações. Mesmo com toda a proximidade do Rio de Janeiro ainda temos conseguido manter nossos índices baixos no que se refere às infecções. Precisamos continuar alertando e ajudando a população neste momento complicado”, finalizou o prefeito.

Comentários