Plano de retomada gradual do comércio e serviços conta com a colaboração de cada segmento

Prefeitura segue ouvindo os setores da economia e plano é elaborado de forma colaborativa

Por O Dia

Todas as ações serão aplicadas de acordo com a curva da doença na cidade
Todas as ações serão aplicadas de acordo com a curva da doença na cidade -
Petrópolis - Petrópolis já tem pronto um plano das atividades sócio econômicas para a retomada gradual do comércio e serviços. A prefeitura vem se reunindo com os diversos segmentos econômicos para que cada setor apresente, também, suas demandas e propostas, e colaborem com o plano. A ideia é fazer com que as atividades retomem aos poucos e seguindo todas as recomendações dos órgãos sanitários federais, estaduais e municipais. Porém, vale salientar que todas as ações serão aplicadas de acordo com a curva da doença na cidade.

Desde o início do fechamento do comércio e serviços estamos ouvindo vários setores da economia de nossa cidade, já montamos um plano estratégico de reabertura gradual, separado por ‘ondas’. Não temos data ainda para implementação desse plano. Tudo vai depender de como vai estar o número de casos da doença em nossa cidade e do nível de infecção entre os petropolitanos. Semanalmente estamos avaliando essa curva. Por isso é muito importante que os petropolitanos respeitem os decretos, respeitem o isolamento social”, explica o prefeito Bernardo Rossi.

Dentro do plano há a “Onda Verde”, que são as atividades já autorizadas atualmente; “Onda Branca”, para reabertura imediata de alguns setores do comércio que hoje permanecem fechados, como clínicas estéticas, salões de beleza, academias; “Onda Amarela”, que reúne os setores que poderão abrir em uma segunda etapa, como shoppings e bares; e a “Onda Vermelha”, que vão ser os últimos a normalizar seus serviços, ou seja, permanecem fechados até o fim da pandemia: como shows e eventos com aglomeração de pessoas.

Desde que começamos a montar o plano estamos ouvindo os diversos segmentos, que entregaram suas propostas, como os mercados – que já estamos em contato desde o início da pandemia, as academias, óticas, salões de beleza, clínicas de estética, entre outros, como a hotelaria, com quem já nos reunimos na última semana. Então é um plano construído de forma colaborativa”, explica o coordenador de Planejamento e Gestão Estratégica da prefeitura, Dalmir Caetano. O plano é uma ação em conjunto entre o Planejamento, a Secretaria de Desenvolvimento Econômico e a Coordenadoria de Relações Institucionais.

Plano segue duas vertentes

O Plano de Retomada das Atividades Sócio Econômicas de Petrópolis vai seguir duas vertentes. A primeira determina quais atividades poderão funcionar e quando; e a segunda de que maneira poderão atender ao público, ou seja, o protocolo que deverá ser seguido por cada um dos segmentos econômicos da cidade. São regras para o funcionamento, com determinação de número de clientes que entrarão nos estabelecimentos por vez; uso de equipamentos de proteção individual; higienização; horários de funcionamento; entre diversas outras medidas.

Prefeitura segue recomendação de especialistas

Nesta última semana, a equipe da prefeitura se reuniu com representantes médicos de todas as unidades de saúde, públicas e privadas do município. O prefeito Bernardo Rossi quis ouvir a opinião dos especialistas na área da saúde para fazer um balanço comparativo sobre os números da doença na cidade desde o início das medidas tomadas para combater o coronavírus. Segundo a avaliação dos médicos, Petrópolis pode seguir o mesmo caminho do colapso na saúde como unidades de municípios vizinhos caso haja um relaxamento nas medidas vigentes.

Por conta das recomendações, a prefeitura decidiu estender todos os decretos municipais que têm como objetivo o combate ao coronavírus até o dia 24 de maio. A situação do município vem sendo analisada a cada dia. E uma nova prorrogação ou até mesmo medidas mais restritivas também não estão descartadas.

Comentários