Fiscalização para coibir a circulação de motos com ruídos excessivos é realizada em Petrópolis

Ação foi promovida pela Secretaria de Segurança Serviços e Ordem Pública (SSOP), com apoio da Guarda Civil e da Polícia Militar

Por O Dia

De acordo com especialistas, o barulho é nocivo para a saúde e pode causar problemas
De acordo com especialistas, o barulho é nocivo para a saúde e pode causar problemas -
Petrópolis - Teve início na manhã desta sexta-feira na cidade uma ação para fiscalizar motocicletas que produzem ruídos acima de 85 decibéis. De acordo com especialistas, o barulho é nocivo para a saúde e pode causar problemas. A ação foi promovida pela Secretaria de Segurança Serviços e Ordem Pública (SSOP), com apoio da Guarda Civil e da Polícia Militar.

Além de buscar evitar a circulação de motocicletas com problemas de barulho nos canos de descarga, a fiscalização também vistoria os documentos do piloto e do veículo e verifica a utilização correta dos equipamentos de segurança.

Foi sancionada no início deste mês, pelo Prefeito Bernardo Rossi, a lei de autoria do ex-vereador Marcelo Chitão, que prevê a proibição da emissão de ruídos excessivos em escapamentos de motocicletas, que estejam com descarga livre ou silenciador de motor de explosão defeituoso, deficiente ou inoperante.

Ainda de acordo com o texto fica proibido, também, a instalação de dispositivos e similares que intensificam potencialmente ruído emitido nos escapamentos de motocicletas que não estiverem de acordo com as normas da Resolução CONAMA nº 252 de 07/01/1999.

Comentários