Trabalho realizado nas barreiras sanitárias é uma força tarefa de vários órgãos visando ao combate da COVID-19 na cidade
Trabalho realizado nas barreiras sanitárias é uma força tarefa de vários órgãos visando ao combate da COVID-19 na cidadeDivulgação
Por O Dia
Petrópolis - As barreiras sanitárias notificaram, do início de abril até hoje (19), 74 pessoas com suspeita de COVID-19. Dessas, 44 eram de fora do município e outras 30 de Petrópolis. O controle de acesso impediu ainda que 6.774 veículos entrassem na cidade neste mesmo período. Quase 11 mil vouchers de acesso aos polos de modas foram apresentados nas entradas de Petrópolis.
O balanço das barreiras sanitárias foi apresentado na noite de ontem (18), em uma reunião entre as secretarias atuantes neste trabalho. O encontro serviu para alinhar as equipes para as ações das próximas semanas, também pensando no feriado de 3 de junho (Corpus Christi).
Publicidade
“Estamos atuando com um propósito bem maior, que é salvar vidas e fazer o nosso melhor. Pude observar durante meus nove meses de barreira a importância dessa atuação. Agimos na triagem de moradores e visitantes da cidade, com o objetivo de identificar sinais e sintomas relacionados à COVID”, disse Rubens dos Santos, enfermeiro, que atua na barreira sanitária do Bingen.
O trabalho realizado nas barreiras sanitárias é uma força tarefa do governo municipal e conta com equipes da CPTrans, Vigilância Sanitária, Guarda Civil, Defesa Civil e da coordenadoria especial de Relações Institucionais, através dos agentes regionais.
Publicidade
Neste momento, 151 pessoas estão internadas em UTIs privadas e pelo SUS. Outras 137 estão em leitos clínicos, considerando leitos privados e SUS, totalizando assim, 288 internações em toda a rede da cidade. A ocupação de leitos clínicos pelo SUS é de 42,06% e 70,94% em UTI.