Kamala Harris, de 54 anos, escolheu uma data festiva para fazer o anúncio: o 'Martin Luther King Day' - EVA HAMBACH / AFP
Kamala Harris, de 54 anos, escolheu uma data festiva para fazer o anúncio: o 'Martin Luther King Day'EVA HAMBACH / AFP
Por AFP
A candidata democrata à vice-presidência dos Estados Unidos, Kamala Harris, suspendeu seus deslocamentos até domingo, após dois casos de covid-19 em sua comitiva, com os quais a senadora não teve "contato próximo", anunciou a equipe democrata nesta quinta-feira.

Duas pessoas ligadas à campanha testaram positivo para o novo coronavírus, incluindo Liz Allen, diretora de comunicações de Harris, segundo um comunicado.

Harris não precisa ficar em quarentena, mas "por precaução e de acordo com o compromisso de nossa equipe de campanha (...) estamos cancelando os deslocamentos da senadora Harris até domingo, 18 de outubro", disse Jen O'Malley Dillon, responsável pela campanha da candidata.

As duas pessoas que testaram positivo para o coronavírus viajaram de avião com a senadora democrata em 8 de outubro.

Segundo a equipe de campanha democrata, Kamala Harris já realizou dois testes de PCR, todos com resultado negativo.

A senadora democrata não manteve contato com os dois indivíduos "nas 48 horas anteriores ao teste positivo", especifica.

Este anúncio é a mais recente reviravolta em uma campanha presidencial virada de cabeça para baixo pela pandemia de covid-19, duas semanas após o presidente Donald Trump testar positivo.