Agência do Banco do Brasil no Centro - Divulgação
Agência do Banco do Brasil no CentroDivulgação
Por O Dia
Em uma ação preventiva visando evitar o fechamento da agência bancária do Banco do Brasil no município de Porto Real, o prefeito Alexandre Serfiotis participou nesta semana de uma videoconferência com o time de Brasília da assessoria da instituição bancária. Durante a reunião, Alexandre fez um apelo para o não fechamento da agência, destacando que a unidade está presente no município há muitos anos.
“Através do Banco do Brasil, que é uma unidade pública, nós recebemos as verbas e recursos federais do FNDE, por exemplo. Além disso, só a presença da unidade no município, favorece a procura e o investimento das empresas em nossa cidade, auxiliando no crescimento econômico que estão sendo planejados na atual gestão”, destacou Alexandre, que se declarou usuário do banco e reforçou que o fechamento da unidade traz diversos transtornos a todos os usuários.
Publicidade
“Além dos moradores, temos toda uma população flutuante de pessoas que prestam serviços em diversas áreas no município. É difícil mensurar o número exato de usuários, mas com o fechamento da unidade teremos o deslocamento da população local para cidades vizinhas, e ainda, o não acolhimento dos usuários do banco que são de outros municípios”, frisou o prefeito.
O gerente da Diretoria de Atendimento e Canais do Banco do Brasil, Diego Guerra Quadros, se comprometeu em avaliar a solicitação de manter a agência do Banco do Brasil em Porto Real, feita pelo prefeito Alexandre Serfiotis.