O evento teve a presença do Coordenador Nacional do Sinapir, do Ministério da Mulher, Família e dos Direitos Humanos, Helbert Pitorra.
O evento teve a presença do Coordenador Nacional do Sinapir, do Ministério da Mulher, Família e dos Direitos Humanos, Helbert Pitorra.Foto: Divulgação.
Por Bertha Muniz
QUISSAMÃ - Quissamã deu um passo importante para a promoção de políticas públicas para a igualdade racial. Na data comemorativa à Abolição da Escravatura, o município aderiu ao Sistema Nacional de Promoção da Igualdade Racial (Sinapir). A cerimônia aconteceu na cidade de Campos, e Quissamã foi representada pela secretária de Cultura e Lazer, Kitiely Freitas. O evento teve a presença do Coordenador Nacional do Sinapir, do Ministério da Mulher, Família e dos Direitos Humanos, Helbert Pitorra.
A partir do Sinapir, é fortalecida a atuação conjunta das esferas federal, estadual e municipal, implementando ações e potencializando resultados. A secretária ressaltou que com esta adesão será possível ampliar a efetividade e o alcance de benefícios à população beneficiada.
Publicidade

"É um sistema muito importante para o desenvolvimento de políticas públicas na área. Agradecemos ao coordenador nacional do Sinapir, Helbert Pitorra, pela oportunidade de adesão. Quissamã tem raízes históricas que devem ser valorizadas e respeitadas. Vamos debater projetos e ações para exaltar essa riqueza viva para as próximas gerações", disse Kitiely Freitas.

O Sinapir foi criado pelo Estatuto da Igualdade Racial com objetivo de organizar e articular ações voltadas à implementação de políticas e serviços destinados a superar as desigualdades raciais no país. Seu modelo tem como base os Sistemas Únicos de Saúde (SUS) e de Assistência (SUAS).