PLs que dispõem sobre áreas como educação, saúde, segurança, saneamento, bem-estar social e arrecadação aguardam a apreciação e votação dos vereadores - Divulgação/Gabriel Sales
PLs que dispõem sobre áreas como educação, saúde, segurança, saneamento, bem-estar social e arrecadação aguardam a apreciação e votação dos vereadoresDivulgação/Gabriel Sales
Por Divulgação
Rio das Ostras - A Prefeitura de Rio das Ostras divulgou em seu portal oficial, nesta terça-feira, que a área de saúde necessita de muitos investimentos para melhorar o atendimento à população durante a pandemia do novo coronavírus. Porém, devido ao trabalhado paralisado da câmara, os principais Projetos de Lei, nº 032 e 033/2020, encaminhados à Casa Legislativa em abril, que dispõem sobre a abertura de Crédito Adicional Suplementar em favor do Fundo Municipal de Saúde para serem investidos no combate a COVID- 19, continuam parados.

A Gestão Municipal alega que encaminhou os documentos informando a previsão de gastos com o Plano Municipal de Combate ao coronavírus pelos próximos três meses e a relação das Emendas de 2019 e 2020 que podem ser realocadas. E que com o remanejamento, a saúde terá recursos para investir principalmente na aquisição de respiradores, testes rápidos e equipamentos de proteção individual para os profissionais da saúde, além da manutenção dos centros de Triagem e Referência de Covid-19 e viabilizar a abertura do hospital de campanha destinado a atender pacientes que precisam ser internados.

A reportagem do Jornal O Dia buscou esclarecimentos por parte da Casa Legislativa, que até o fechamento desta matéria, não recebeu resposta.
Você pode gostar
Comentários