Na Igreja Batista Nova Jerusalém todos os fiéis que comparecem aos cultos medem a temperatura antes de entrar - Divulgação/Gabriel Sales
Na Igreja Batista Nova Jerusalém todos os fiéis que comparecem aos cultos medem a temperatura antes de entrarDivulgação/Gabriel Sales
Por O Dia
Rio das Ostras - No primeiro final de semana em que igrejas, templos e afins puderam abrir em Rio das Ostras, a Prefeitura fez um trabalho de fiscalização e orientação com o objetivo de certificar que as instituições estão cumprindo as medidas restritivas do Decreto 2596/2020, publicado na quarta-feira da semana passada, 15 de julho.

O Decreto estabelece normas de flexibilização da abertura gradual e provisória dos tempos religiosos de todas as confissões e será mantido de acordo com o avanço da pandemia no Município, podendo ser revogado a qualquer tempo.

Duas equipes de servidores da secretaria de Desenvolvimento Econômico e Turismo, visitaram mais de 20 igrejas e constataram que quase todas estão respeitando o distanciamento dos assentos e recebendo somente 30% dos fiéis. Muitas instituíram sistema de marcação online e mantiveram as transmissões dos cultos pela internet, principalmente para incentivar que os idosos continuem em casa.

Em todos os templos as regras de proteção, segurança e contenção da propagação do novo Coronavírus - uso de máscaras, oferecimento de álcool em gel 70% e suspensão das atividades infantis - estão sendo respeitadas.

Muitas igrejas também decidiram manter-se fechadas, como por exemplo as igrejas católicas, e as que não têm um ambiente propício ao cumprimento das medidas de proteção.

O trabalho de controle e orientação continuará até que todos os templos do Município sejam visitados.

A população também deve fazer a sua parte, denunciando qualquer estabelecimento que não esteja cumprindo as regras de proteção. A Prefeitura tem à disposição os telefones da Coordenação de Fiscalização (COMFIS) – (22) 2760-6891; e da Guarda Civil Municipal, que funciona 24h – (22) 2760-6236 e 0800 022 6301.