Prefeitura abordou vans na tarde desta quinta, 11, para orientar sobre o uso de máscaras
Prefeitura abordou vans na tarde desta quinta, 11, para orientar sobre o uso de máscarasDivulgação/Allexandre Costa
Por O Dia
Rio das Ostras - “É obrigatório o uso de máscaras em todo e qualquer lugar público e a respectiva aplicação de multa”. O artigo 20 do decreto 2791/2021, como protocolo de prevenção ao Coronavírus, obriga que todos os cidadãos utilizem máscara em espaços coletivos. No transporte público, seja vans ou ônibus, não é diferente.
Fiscais da Secretaria de Transportes Públicos, Acessibilidade e Mobilidade Urbana da Prefeitura de Rio das Ostras estão monitorando o uso de máscaras em passageiros e motoristas que utilizam vans e ônibus que circulam no território municipal. A ação vem acontecendo desde o início da pandemia da Covid-19 e tem se intensificado na última semana devido ao aumento de casos no país.

Na tarde desta quinta, 11, os servidores abordaram veículos nos pontos de ônibus próximo a Prefeitura, mas não foi encontrado infratores durante a ação. O motorista ou passageiro que estiver não estiver utilizando máscara dentro ou fora do veículo terá que pagar multa, segundo a lei complementar 070/2020. A aplicação infração é reponsabilidade da Coordenadoria de Fiscalização e da Vigilância Sanitária.
Publicidade

“A gente tem esta preocupação porque sabemos que vivemos o pior momento da pandemia desde seu início e uma ação tão simples, que é o uso de máscaras, pode poupar muitas vidas. Esperamos contar com a colaboração de todas e todos para que se conscientizem que a prevenção desta doença é um pacto coletivo por isso todos devem usar máscaras em locais públicos, higienizar as mãos regularmente e evitar aglomeração”, contou Leandro Alves Pinto, Sub-Secretário de Transportes Públicos, Acessibilidade e Mobilidade Urbana.

Para Luzia Rosa, a fiscalização precisa acontecer por conta da negligência de alguns cidadãos. “Nas vans eu percebo que a maioria das pessoas usa a máscara. Mas todos devem usar, pois é uma ação que todos devem aderir. A gente anda por aí e vê muita gente sem a proteção no rosto. É muito triste”, contou a cabeleireira.