Acidente deixa pelo menos 40 feridos em Campo Grande, diz bombeiros

Ônibus de linha alimentadora do BRT tombou na noite desta segunda-feira. Via foi fechada no momento do acidente

Por gabriela.mattos

Rio - Um acidente com um ônibus da linha 857-A (Jardim Sete de Abril - Paciência via Gouveia), da rede alimentadora do BRT, deixou pelo menos 40 feridos nesta segunda-feira, de acordo com o Corpo de Bombeiros. O ônibus tombou na esquina entre a Avenida Farroupilha e Rua Cesário de Mello, em Campo Grande, por volta das 21h desta segunda-feira, perto da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Campo Grande.

De acordo com o Centro de Operações da Prefeitura, a via chegou a ser fechada no momento do acidente. Até a publicação desta reportagem, os bombeiros não tinham informado para qual hospital as vítimas foram levadas e nem o estado de saúde delas. Não há ainda confirmação de mortos. Procurado, o Rio Ônibus, o responsável pelas linhas alimentadoras, ainda não se pronunciou sobre o caso.

O Procon Estadual abriu uma investigação para apurar a responsabilidade da Viação Pégaso no acidente. O Código de Defesa do Consumidor (CDC) prevê que as concessionárias têm a obrigação de fornecer serviços que atendam, entre outras, às condições de regularidade, continuidade e segurança.

Segundo o órgão, a Viação Pégaso tem 15 dias úteis, contados a partir do recebimento da notificação, para apresentar a sua defesa. Caso o prazo não seja cumprido ou os argumentos não sejam aceitos pelo Setor Jurídico do Procon Estadual, a empresa será autuada.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia