Mulher é agredida a madeiradas e socos na Ilha da Conceição, em Niterói

Agressor flertou com vítima antes do crime

Por tiago.frederico

Rio - Uma mulher foi agredida a madeiradas e socos na Ilha da Conceição, em Niterói, domingo à noite. A dona de casa, de 30 anos, estava em uma reunião de amigos, quando foi abordada por um homem acompanhado da namorada. Ele, que seria o autor do espancamento, já foi identificado e está sendo procurado por agentes da Delegacia de Atendimento Especial à Mulher (Deam) de Niterói.

Segundo testemunhas, o suspeito começou a paquerar a vítima, que também estava acompanhada do namorado. No entanto, ela não aceitou o flerte. A companheira do acusado presenciou a cena e começou a discutir com o homem. “Ele tentou reverter a situação e disse para namorada que estava certo e que a mulher que estava errada”, explicou uma amiga da vítima que estava no local.

Ainda de acordo com testemunhas, após ser levada para casa pelo namorado, a dona de casa voltou para a festa para tirar satisfações com o acusado, que teria dito: “Acha que eu não tenho coragem de matar não?”. Revoltada, ela teria acertado um tapa no rosto do suspeito, que depois começou agredi-lá. A vítima ficou desacordada e foi socorrida por amigos e familiares para o Hospital Estadual Azevedo Lima, no Fonseca.

Parentes contaram que a vítima passou por uma cirurgia na cabeça e que corre risco de vida. A Secretaria Estadual de Saúde informou que o quadro clínico dela é grave.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia