Confusão, tiros e agressão na saída de shows na Barra da Tijuca

Advogado foi atingido na cabeça com barra de ferro por taxista quando saía da HSBC Arena

Por tiago.frederico

Rio - O advogado André de Souza Coelho Gonçalves de Andrade, de 42 anos, foi agredido com golpes de barra de ferro quando deixava o show da banda britânica Iron Maiden, realizado na HSBC Arena, na Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio, na madrugada desta sexta-feira. Enfurecido porque alguém jogou cerveja em seu carro, o taxista João Batista da Conceição Filho, de 52 anos, partiu para cima de um grupo e acabou acertando André, que desmaiou.

O taxista foi preso e levado para a 16ª DP (Barra da Tijuca), onde contou que somente se defendeu do grupo. Ele foi autuado por lesão corporal e liberado. O advogado foi encaminhado ao Hospital Municipal Lourenço Jorge e ficou internado em observação.

Em outro espetáculo ocorrido no mesmo bairro, o do cantor Wesley Safadão, alguém fez disparos de arma de fogo para o ar. Houve correria e confusão, mas ninguém foi preso ou ferido.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia