Polícia prende dez integrantes de torcida organizada do Fluminense

Eles são acusados de matar vascaíno na Estação de Mesquita

Por gabriela.mattos

Rio - Dez integrantes da torcida organizada Young Flu, do Fluminense, foram presos, na manhã desta quinta-feira, em operação da Polícia Civil em conjunto com o Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (GAECO) do Ministério Público. Os detidos estão entre os 16 acusados de matar o torcedor do Vasco Felipe Souza Moreira, de 24 anos, em novembro do ano passado, durante uma briga ocorrida três dias antes do clássico entre os dois times. O restante dos suspeitos estão foragidos.

Suspeitos foram detidos em operação da 53ª DP em parceria com o Gaeco%2C do Ministério PúblicoDivulgação

De acordo com o delegado Matheus de Almeida Romanelli Lopes, titular da 53ª DP (Mesquita), Felipe foi encurralado a área externa da estação de trem de Mesquita, na Baixada Fluminense, por aproximadamente 40 membros da torcida Young Flu. Ele sofreu fortes lesões e morreu três dias depois de ser internado no no Hospital Adão Pereira Nunes, em Saracuruna. Além dele, outros dois torcedores do Vasco ficaram gravemente feridos na ocasião.

O delegado espera que as prisões sirvam de exemplo para outras torcidas organizadas com histórico de violência. “Todos os dez presos que ouvimos estão arrependidos, saindo da torcida organizada. Eles entenderam que não vale a pena. É um exemplo não só para a torcida do Fluminense, mas também para todos os outros times do Rio. Não haverá impunidade para este tipo de crime”, avisou Romanelli Lopes.

Segundo a Polícia Civil, as demais pessoas que participaram da agressão ainda estão sendo identificadas. Os outros seis torcedores que tiveram a prisão temporária decretada estão sendo procurados.

Todos os acusados deverão responder pelo homicídio de Felipe e ainda pela tentativa de homicídio de outros dois torcedores, Rogério da Silva Filho e Michael Lima Felizardo.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia