Milhares de pessoas participam de atos a favor da democracia

Sob o grito 'não vai ter golpe', manifestantes protestaram na frente da sede da Globo, em São Paulo

Por lucas.cardoso

Rio - Um evento em prol da democracia e contra o impeachment da presidente Dilma Rousseff começou as 16h, nesta quinta-feira, na Cinelândia, Centro do Rio de Janeiro e reuniu aproximadamente cinco mil pessoas. O 'Festival pela democracia' contou com a participação do cantor Tico Santa Cruz, Forró de Rabeca, BNegão e a presença de personalidades.

Ato contou com a participação de personalidadesReprodução Facebook

A convocação para a data foi feita através das redes sociais. Evento criado para o ato no Facebook tem mais de 5 mil pessoas confirmadas e outras 5 mil demonstraram interesse.

São Paulo

A manifestação da Frente Povo Sem medo começou às 18h no Largo da Batata, em Pinheiros, zona oeste da capital. Até o momento são aproximadamente 5 mil pessoas, incluindo integrantes do Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST) e de outros movimentos sociais. Em discurso, coordenador do MTST, Guilherme Boulos, afirmou que o movimento não está na rua para defender um governo, mas conquistas sociais e a própria democracia. Os manifestantes caminharam até a sede da TV Globo, na Zona Sul de São Paulo, onde encerraram o protesto.

Manifestantes contra o impeachment da presidente Dilma caminharam na direção da sede da GloboCUT

"Eles acharam que iriam desfilar com o golpe pela avenida", disse Boulos. "Nós não queremos incendiar o país, mas também não temos sangue de barata", completou. Pessoas de outros movimentos sociais se revezam no microfone do carro de som. Alguns manifestantes puxam espontaneamente o grito de "Não vai ter golpe".

A cartunista Laerte Coutinho estava no meio dos manifestantes. "A importância desse movimento é que as pessoas entendam que elas não estão sozinhas. Às vezes, nas redes sociais, quem pensa diferente pode achar que está sozinho. Não, agora, com essa manifestação quem está contra o golpe vai poder encontrar os seus iguais", disse a cartunista.

A favor do Impeachment - Brasília

Cerca de 50 pessoas protestam a favor do impeachment da presidente Dilma Rousseff no início da noite desta quinta-feira, 25, próximo à sede do Supremo Tribunal Federal (STF). Com bandeiras do Brasil e pixulecos de Dilma e do ex-presidente Lula, os manifestantes também protestam a favor das investigações na Operação Lava Jato, que apura esquema de corrupção na Petrobras.

A maioria dos motoristas que passa pelo local buzina em apoio à manifestação. Entre esses apoiadores, a reportagem presenciou uma viatura do 1º Batalhão de Policiamento de Trânsito da Polícia Militar do Distrito Federal. Já os motoristas que protestam contrários ao protesto são chamados de "comunistas", "corruptos" e "bandidos" pelos manifestantes.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia