Vacinação contra o vírus H1N1 acaba nesta sexta-feira no Estado do Rio

Grupos prioritários incluem gestantes, crianças de seis meses até 5 anos, pacientes renais crônicos e idosos a partir dos 60

Por clarissa.sardenberg

Rio - Chega ao fim hoje a vacinação contra o vírus da H1N1, que está em vigor no Estado do Rio desde o dia 25 de abril. Segundo o governo estadual, a campanha deve alcançar a meta estipulada pelo Ministério da Saúde, de imunizar 80% das pessoas pertencentes aos grupos prioritários — gestantes, crianças com idades entre seis meses e cinco anos, pacientes renais crônicos, mulheres com até 45 dias após o parto, idosos com idade a partir de 60 anos, indígenas e profissionais de saúde.

Crianças menores de cinco anos estão no grupo prioritário Divulgação

Em nota, o secretário de Saúde, Luiz Antônio Teixeira Jr., destacou a importância de os grupos prioritários compreenderem a necessidade de se proteger. E lembrou que a vacina imuniza contra os três subtipos de vírus da gripe mais comuns no inverno: A/H1N1, A/H3N2 e Influenza B.

Cerca de 4 milhões de fluminenses estão incluídos nos grupos prioritários. Em todos os 92 municípios do estado, 3 mil postos de saúde disponibilizam a vacina. Segundo o Ministério da Saúde, 35,4 milhões de pessoas já foram vacinadas.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia