PM é morto a tiros na frente da família

Policial teria se rendido mas criminosos atiraram ao avistar arma no banco de trás do veículo. Caso ocorreu em Nova Iguaçu

Por cadu.bruno

Rio - A 34 dias dos Jogos Olímpicos, mais um policial militar foi executado a tiros no Rio. A mais recente vítima foi o sargento Wendel de Paula Lima, lotado no Batalhão de Policiamento em Áreas Turísticas (BPTur). Ele foi morto na tarde deste sábado na frente da família, na Estrada de Austin, em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense. Somente este anos, 55 policiais já foram assassinados no Estado.

De acordo com informações de policiais do 20º BPM (Mesquita), ao perceber um roubo de um veículo que estava a sua frente, o PM tentou fugir de ré e colidiu com o carro com um automóvel que estava em sua traseira.

Os criminosos perceberam a ação e foram em sua direção. Segundo informações, ele teria saído do carro com as mãos para o alto, mas os bandidos teriam visto sua arma no banco do carro e dispararam quatro vezes contra o policial, que não resistiu aos ferimentos. 

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia