Nadadora Joanna Maranhão registra em delegacia ofensas que sofreu na internet

Ela prestou queixa na Delegacia de Repressão aos Crimes de Informática. 'As pessoas acham que vão ficar impunes', disse

Por O Dia

Rio - A nadadora Joanna Maranhão registrou, nesta quinta-feira, na Delegacia de Repressão aos Crimes de Informática (DRCI), queixa contra os autores das ofensas que recebeu em redes sociais após a eliminação nas competições da Olimpíada do Rio. Joana chegou por volta do meio-dia à Cidade da Polícia, na Zona Norte, em companhia do advogado Fabiano Machado.

Segundo a atleta, entre as ofensas mais agressivas estão as que sugeriam para que ela fosse estuprada e as tentativas de desqualificar as pautas progressistas que a atleta defende. "Sei que não sou a primeira e nem serei a última a passar por isso, mas as pessoas acham que vão ficar impunes estando atrás das máquinas. Não tenho raiva deles, acredito na revolução do amor. A raiva é um veneno que só eu bebo", disse Joanna.

A nadadora Joanna Maranhão e seu advogado estiveram nesta sexta-feira e registram ofensas sofridas pela atleta na internetDaniel Castelo Branco / Agência O Dia

Segundo o advogado da atleta, foram apresentadas mais de 250 prints (impressões de tela)  com ofensas à Joanna, dos quais 30 são bastante agressivos. "Vamos identificar e punir essas pessoas", acredita.

Segundo a delegada Daniela Terra, dez agressores já foram identificados e serão notificados a prestar depoimento. Um inquérito vai ser instaurado para identificar e punir os autores das ofensas pelos crimes  de injúria, difamação, ameaça e incitação ao crime, uma vez que Joanna foi ameaçada de agressão física e estupro.

A nadadora considerou mais coerente registrar a queixa somente após deixar a Vila dos Atletas e explica que não existe qualquer tipo de rancor e que sua atitude, mas uma questão de justiça.

Joanna pediu desculpas pelas postagens homofóbicas que fez há cinco anos e que foram recuperadas por algumas pessoas para ofendê-la. "Achei uma maldade terem recuperado um tweet que fiz há cinco anos. Sei que fiz uma brincadeira de mal gosto com a Ariadna (ex-BBB), mas foi há muito tempo. Hoje sou outra pessoa", disse, afirmando ter noção de que se tornou uma pessoa pública.

Últimas de Rio De Janeiro