Barra em Dia: Medalha de ouro para os atletas paralímpicos

Delegações dão um show de educação e bons modos e encantam os voluntários

Por gabriela.mattos

Rio - Os atletas Paralímpicos estão deixando encantados os voluntários e organizadores da Vila dos Atletas. As primeiras delegações chegaram com um alto astral e um nível de educação ímpar. O clima é de alegria e harmonia plena. A diferença é sentida também nos apartamentos. Cuidam das unidades, são educados com as camareiras, não entopem os vasos sanitários com resto de comida e estão curtindo intensamente as áreas de lazer disponíveis.

Os atletas paralimpicos são um exemplo de educação e civilidade. Já ganharam medalha de ouro e o carinho dos voluntários!Barra em Dia

Nas fila do credenciamento e do restaurante, o festival de boas maneiras arrancam elogios. Um contraste gritante ao clima de eletricidade e estrelismo de algumas das delegações que ocuparam a Vila na Olímpiada. Os números agora são parrudos também: 160 países, 23 modalidades esportivas, 528 provas e 4.022 atletas.

Com os ajustes feitos no serviço de hotelaria, o clima também mudou. A mão de obra que trabalhou na olímpiada acabou também sendo treinada. As delegações quando entram na Vila ficam surpresa com o luxo do empreendimento e encantados com a vista dos andares mais altos. As postagens nas redes sociais repetem o espanto com a beleza natural da região. O campeão de fotos são as cenas do pôr do sol.

Apoio oficial tem sido pleno 

Quem está vivendo um momento especial é a treinadora brasileira de ginastica artística, Georgette Vidor, uma das responsáveis pela explosão da ginástica artística no Brasil. Ela é uma espectadora privilegiada dos mundos: olímpiada e Paralímpiada. Como cadeirante, consegue avaliar a luta dos atletas paralímpicos e principalmente da falta de apoio da iniciativa privada. A atividade cresce principalmente com o apoio oficial. Como ex-secretária municipal da Pessoa com Deficiência, ela investiu no programa "Rio Paralímpico" - dos 21 atletas, 19 estão na Paralímpiada de 2016. Georgette destaca que na iniciativa privada, os clubes estão apoiando os seus atletas financeiramente, cita como exemplo o Esporte Clube Pinheiros de São Paulo e companhias como a Embratel.

Neste final de semana a terceira edição do Distrito Bossa Nova na BarrinhaBarra em Dia

Falta apoio da iniciativa privada

Depois de sediar uma Paralímpiada, as empresas privadas no Brasil passarão a ter uma visão diferente e apoiarão ainda mais os esportes paralímpico, acredita Georgette. Os organizadores da Rio 2016 tiveram de buscar apoio das estatais para fechar as contas das Paralímpiadas e houve uma retração de grandes patrocinadores. O país dará uma lição ao mundo de solidariedade. Na Inglaterra aconteceu um fenômeno na reta final e os jogos paralímpicos de Londres 2012 foram adotados pela população, no Rio o carinho com o qual o carioca recebe as delegações de 160 países demonstra que estamos no mesmo caminho. O apoio da iniciativa privada deve se manifestar de forma efetiva, já que o lado afetivo sempre ocorreu. Os nossos medalhistas precisam ser incentivados e devemos mostrar ao mundo que este momento histórico precisa ser preservado.    

Parada Gay pode vir para a Barra

O presidente da Associação de Hotéis do Rio, Alfredo Lopes enviou uma correspondência ao grupo Arco-Íris para que a Parada Gay, que há 20 anos desfila em Copacabana venha para a Barra com o apoio dos hotéis e empresariado local. O evento corre o risco de não ser realizado este ano devido à falta de apoio da Petrobras e do governo estadual, que ainda não repassou os recursos da edição de 2015. “A parada gay de São Paulo é o segundo maior evento da cidade, perde apenas para a formula 1, lotando todos os hotéis paulistanos. O Rio, reconhecido internacionalmente pelo seu respeito à diversidade não pode riscar um evento como este”, afirma Lopes. 

Turismo LGBT

A Associação de Hotéis e o Rio Convention & Visitors Bureau está de olho no turismo LGBT já há algum tempo e convidou o empresário André Almada, proprietário das boates "The Week" para visitar oficialmente a Barra e trazer para o bairro eventos similares ao que realiza na capital paulistana, movimentando milhares de participantes de todo o Brasil. Para a Associação de Hotéis do Rio, os novos equipamentos da Barra poderão ser utilizados para eventos LGBTs de padrão internacional. 

Surf 5 estrelas

Adriana Marinho%2C Henrinque Pstilli e Andrea Lopes tetra campeã de surfBarra em Dia

Tetracampeã do surf Andrea Lopes e Henrique Pistilli, protagonista da série de TV "Homem Peixe" exibida pelo canal Off realizaram, no último sábado, o curso de Waterman na Barra da Tijuca. Cerca de 18 crianças participaram do curso e aprenderam técnicas de body surf, de Yoga e exercícios de natação dos golfinhos, desenvolvida por Pistilo. A escola de surf de Andrea Lopes funciona há dois anos no espaço Ecolounge e no quiosque Aloha, na Barra.

Canibalismo

A rede Bodytech Academias acaba de inaugurar sua 101ª unidade do grupo no São Conrado Fashion Mall, com projeto arquitetônico dos seus 990m² assinado pelo escritório Farias & Denton. Quase mil alunos deixaram de renovar a sua matricula na unidade Bodytech do Città-América e migraram para a unidade em São Conrado. A luta agora é garimpar novos alunos na Barra para compensar a legião  que evaporou.

Um naufrágio do quebra-mar

A parte do quebra-mar da Barra da Tijuca possui um píer e é adjacente à parte do bairro conhecida como Jardim Oceânico, a região mais antiga da Barra. Um atrativo que parece que caiu no esquecimento, dado o número de gatos que deixam fezes e cheiro de urina, combinado com a falta de reforma dos tijolinhos portugueses. O píer foi construído há menos de 10 anos, com promessas de alargamento através da reutilização das pedras retiradas do túnel onde passa a atual linha 4 do metrô.

Está longe de ser uma região atraente aos moradores e visitantes. Enquanto não vemos uma reforma ou uma ampliação do Píer, teremos de conviver com os felinos, sujeira e sempre com máxima cautela para evitar torções nos tornozelos.

O sucesso do Capim Santo no Village Mall

O Shopping Village Mall ganhou uma nova estrela. O restaurante Capim Santo desembarcou no Rio com a proteção de todos os orixás. A chefe Morena Leite tem batido todos os recordes de público nos primeiros dias de funcionamento. Trata-se de uma genial releitura do tradicional Capim Santo de São Paulo e Trancoso para o sofisticado shopping. Vale apena conferir o almoço. Durante a semana custa R$ 63,00 e sábado e domingo R$ 93,00, incluindo no fim de semana o buffet de sobremesas e pratos quentes mais sofisticados.

Júnior Alexandre comandando com sucesso a filial carioca do Capim Santo na foto com Caio Gallupo que estreia em breve programa na televisãoBarra em Dia

A cozinha tropical de Morena é a cara do Rio. A qualidade do serviço é mantida por uma equipe de colaboradores trazidos de São Paulo. São três apartamentos alugados só para abrigar parte do staff. O Comando é do Junior Alexandre, que acompanha Morena Leite a mais de 10 anos. A casa, ainda não foi inaugurada e já tem fila. Coisa rara na gastronomia do Rio. A noite o cardápio é a La carte e o clima é ideal para namorar. Uma outra casa, mais intimista e com gastronomia diferenciada. O Village Mall acertou com a nova casa e já flexibilizou o horário. Quem vai ao teatro agora consegue jantar, uma reclamação que já faz parte do passado. Aliás domingo passado no terraço do Village um trio de jazz deliciava o público emoldurado por um por do sol cinematográfico.   

Viagem no Tempo no Américas Shopping

Quem não conseguiu ir ao primeiro encontro de Carros Antigos do Américas Shopping terá uma nova chance no mês de setembro. No próximo domingo, 11, o empreendimento realiza mais uma edição do evento, das 9h às 13h, no Estacionamento Descoberto (G3). “Nesta edição, teremos novas relíquias e receberemos parceiros de outros clubes. Nosso objetivo é promover encontros no formato ‘Interclubes’ no Américas Shopping”, conta Marcos Canedo, presidente do AVP e um dos organizadores do encontro. 

O AVP surgiu num encontro casual de um pequeno colecionador paulista de Carros Antigos, Sylvio Seno, e os cariocas Marcos Canedo e Luís Martins. Após algumas reuniões em um posto de abastecimento local, a união entre um número cada dia maior de amigos apaixonados por carros antigos deu origem a um grande evento automotivo.

Nascia então o AVP, que em seu primeiro encontro anual reuniu mais de 350 veículos.Esta edição contará com novos modelos, como o MP Lafer, de 1979, o Del Rey Guia, de 1990 e o VW Passat LSE, de 1980. “O Lafer foi produzido pela Lafer fábrica de móveis e é inspirado no MG TD 1952. Teve sua produção encerrada no final da década de 80. Já o Del Rey é um dos últimos fabricados pela Autolatina, equipado com motor 1.8 Vw. O Passat LSE faz parte de uma série de carros de baixa produção, mais caros que o Opala 6 Standard.

Esse modelo foi o carro mais caro da Volkswagen em 1980 e consiste num Passat de acabamento luxuoso, com 4 portas, AC e mecânica completa do Passat TS. LSE não iraquianos estão entre os Passats mais raros”, explica Canedo. Os encontros serão realizados sempre no segundo domingo de cada mês.

Bossa Nova na Barrinha

Neste final de semana a terceira edição do Distrito Bossa Nova na BarrinhaBarra em Dia

Nos dias 10 e 11 de setembro, a região da Barrinha, berço da Barra da Tijuca, recebe a terceira edição do evento Distrito Bossa Nova.  O evento mensal já está se consolidando no calendário festivo do bairro, com atrações gratuitas para toda a família. Promovido pela ABIH-RJ e Rio CVB, em parceria com a Associação Comercial da Barrinha e outras entidades representativas da região, a iniciativa prevê programação mensal com o objetivo de estimular o fluxo turístico na região.

Confira a programação completa:

ATRAÇÕES INFANTIS

Sábado e domingo, a partir das 10h

- Oficina de música para crianças - Arthur de Paula

- Brincarte é Essencial - Essencial Creche Escola

- Recreadores - Essencial Creche Escola

- Feira literária Palavrinhas

- Adoção de animais - Quatro Patinhas

- Artistas Circenses - Anna Artes Performáticas

PALESTRAS

Sábado e domingo, às 11h

Sábado: Palestra de fotografia

Domingo: A vida e a obra do Braguinha

EXPOSIÇÕES

Sábado e domingo, às 10h

Orquídeas – OrquidaRio

Puma – Puma Clube

Fotografia – O Rio Cura, por Renato Rocha Miranda

Gastronomia

Restaurantes da região | La Violeteira, Camacha, Bar do Oswaldo, Concha Doce, 4 Estações, Canto Alegre, Espaço Pura Vida, Hansl Restaurante, La Botticella, entre outros.

Comida Baiana

Bike Food | Algodão doce, pipoca, brigadeiros e brownie

Tuc Tuc | Cervejas artesanais e batidas Oswaldo

Esportes Náuticos

360 Sportes

Base sports Club

Caza 3

Espaço Pura Vida

La Suite By Dussol

Jet Paradise Marine & Club

Raja Club

ATRAÇÕES MUSICAIS

Sábado:

14 e 15h - Concurso Barrinha Solta Voz

18h - Andreia Carneiro

20h – Urca Bossa Jazz

Domingo:

14h e 15: Concurso Barrinha Solta Voz

18h – Masé Santana

20h – Quarteto Do Rio “ Os Cariocas”

?E-mail do colunista: Claudio.magnavita@odia.com.br

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia