Por gabriela.mattos

Rio - O candidato Marcelo Crivella (PRB) recebeu ontem o apoio do deputado federal Otávio Leite, presidente estadual do PSDB. Em encontro no jardim do Museu de Arte Moderna (MAM), no Aterro do Flamengo, na Zona Sul, o tucano destacou a “maturidade política” e o “equilíbrio” do senador.

A orientação oficial do diretório nacional do partido havia sido de neutralidade, mas com veto a Marcelo Freixo (Psol).

“Pessoalmente, tenho absoluta convicção de que hoje o Crivella é a melhor opção à prefeitura. Segundo turno é voto ou veto, e o nosso partido no Rio veta o Freixo, já que as propostas dele não condizem com nossas convicções”, disse o deputado.

Para Leite, Crivella é um candidato mais aberto ao diálogo. “Pensa no empreendedorismo, busca a participação de todos, por sua característica de saber ouvir, de ser plural. Com ele, temos a certeza de viver em paz na cidade”, explicou Otavio Leite, que concorreu à prefeitura em 2012.

Candidato tucano no pleito deste ano, Osorio não anunciou, até agora, apoio oficial a nenhum dos dois Marcelos que podem chegar ao Executivo municipal. No entanto, sua vice, Aspásia Camargo, caminhou com Crivella pela Zona Sul neste domingo. Foi convidada, inclusive, para participar de uma eventual administração do PRB.

Além dos tucanos, o senador já recebeu o suporte de Flávio Bolsonaro (PSC) e de um de seus maiores algozes em debates no primeiro turno, Indio da Costa (PSD). Também ganhou o apoio de vereadores do PMDB — mas não do candidato Pedro Paulo.

Ontem, depois do encontro com Otávio Leite, Crivella foi a Brasília, mas volta hoje ao Rio para se preparar para o debate da Rede TV!, que ocorre às 22h30. É o penúltimo encontro televisivo entre ele e Freixo antes da votação do dia 30. O debate da Rede Globo, o último, está marcado para o dia 28.

Você pode gostar