Rio tem sete prisões e 133 urnas substituídas

Quatro prisões ocorreram em Belford Roxo e outras três em Duque de Caxias, ambos municípios da Baixada Fluminense

Por adriano.araujo , adriano.araujo

Rio - Sete pessoas foram presas fazendo boca de urna neste segundo turno de eleições, neste domingo, no estado. Quatro prisões ocorreram em Belford Roxo e outras três em Duque de Caxias, ambos municípios da Baixada Fluminense. Nos locais de votação, mais de 130 urnas precisaram ser substituídas em oito municípios, incluindo a capital. 

O balanço é de números registrados até o meio-dia. De acordo com a diretora-geral do TRE-RJ, Adriana Brandão, as urnas eletrônicas precisaram ser trocadas na capital (70), em Belford Roxo (8), Duque de Caxias (4), Niterói (16), Nova Iguaçu (7), Petrópolis (21), São Gonçalo (4), Volta Redonda (2) e Sapucaia (1). 

De acordo com a diretora, as substituições ocorreram sem maiores problemas. "Pegamos as urnas de contingência e substituímos, sem necessidade de votação manual", disse. 

Não foi informado para quais candidatos os presos realizavam boca de urna. Em Belford Roxo, foram duas ocorrências com dois presos em cada uma. Em Caxias, o caso envolveu 11 pessoas, mas apenas três foram presos.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia