TRE diz que eleição foi tranquila apesar de registrar 26 prisões no Rio

A maior parte das ocorrências se deu na capital, onde nove pessoas foram detidas por delitos eleitorais

Por thiago.antunes

Rio - O número de presos no segundo turno da eleição municipal no estado do Rio chegou a 26 no balanço final do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-RJ) . A maior parte das ocorrências se deu na capital, onde nove pessoas foram detidas por delitos eleitorais, e em Petrópolis, onde seis pessoas foram detidas de uma só vez pela fiscalização .

De acordo com a diretora-geral do TRE-RJ, Adriana Brandão, a maior parte das pessoas foi detida por crime de boca de urna. Apesar disso, ela avalia que a eleição foi bem tranquila nos oito municípios onde houve votação. Em Volta Redonda e Niterói, por exemplo, não houve registros de ocorrências com prisão.

A diretora do TRE informou que 245 urnas foram substituídas e que, em uma seção eleitoral de São Conrado, na zona sul do Rio, foi preciso substituir a votação na urna eletrônica por cédulas de papel. A eleição nessa seção terminou com atraso porque o problema foi registrado às 15h40, e 20 pessoas tiveram que preencher seus votos em papel.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia