A história de Amanda está no livro 'Jogos da Baixada  20 Anos' - Alexandre Brum
A história de Amanda está no livro 'Jogos da Baixada 20 Anos'Alexandre Brum
Por

A escolhida para acender a tocha olímpica foi uma 'cria' do evento, que se tornou recordista do atletismo no país. Amanda Fontes Dias representou Duque de Caxias nos Jogos de 1999, levando o ouro nos 100m, 400m e 800m rasos. No ano seguinte, quebrou o recorde brasileiro nos 400m rasos sub-18, com o tempo de 54s27, marca que durou 17 anos.

Amanda também colecionou outras conquistas. Foi mais de dez vezes campeã brasileira e conquistou os títulos sul-americano e pan-americano juvenil também nos 400m rasos. A história de Amanda também foi contada no livro 'Jogos da Baixada 20 Anos', de autoria dos jornalistas Herculano Barreto Filho e Raphael Vaz Teixeira. "A obra é completa porque conseguiu retratar toda a história do evento", elogia o coordenador esportivo Antônio Prazeres.

Você pode gostar
Comentários