Por

Os militares continuam na Vila Kennedy, embora na semana passada as Forças Armadas tenham confirmado que sairão gradualmente da comunidade. Em nota, o GIF afirmou que por enquanto "é dado prosseguimento, pelas Forças Armadas, ao reforço de patrulhamento na Comunidade Vila Kennedy".

A Vila Kennedy começou a receber operações pontuais das Forças Armadas em 23 de fevereiro, e desde 12 de março os militares fazem patrulhamento de dia, até as 18h. Durante a noite, o policiamento fica a cargo exclusivo da Polícia Militar.

Na semana passada, o chefe do Gabinete da Intervenção Federal na Segurança Pública do Rio, general Mauro Sinott, afirmou que estuda dar fim às Unidades de Polícia Pacificadora UPPs) da Vila Kennedy e do Batan, ambasa na Zona Oeste. As ações seriam necessárias para o retorno da capacidade operacional da Polícia Militar.

Por isso, alguns moradores estão apreensivos, pois não sabem se vão continuar com aulas de música e de esporte desenvolvidas de forma gratuita por policiais militares nas comunidades. O GIF e a PM disseram que o assunto está em debate.

Você pode gostar
Comentários