Por O Dia

Rio - O ex-prefeito do Rio Eduardo Paes vai se filiar ao Democratas (DEM) para disputar as eleições a governador do estado. A filiação deve ser oficializada amanhã, véspera do fim do prazo para políticos se filiarem à legenda pela qual pretendem concorrer às eleições em outubro.

Paes já anunciou sua saída ao então partido, o Movimento Democrático Brasileiro (MDB). Ele chegou a negociar com o Partido Progressista (PP) e o Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB), mas ontem firmou sua ida para a legenda do presidente da Câmara, Rodrigo Maia, pré-candidato ao Palácio do Planalto pelo DEM.

O ex-prefeito terá que conseguir liminar na Justiça para disputar o governo, pois ele está inelegível por oito anos, após ser condenado em dezembro pelo Tribunal Regional Eleitoral do Rio por abuso de poder político-econômico e conduta vedada a agenda público nas eleições de 2016, quando tentou, sem sucesso, eleger o deputado Pedro Paulo (MDB) como seu sucessor na Prefeitura do Rio. Paes já foi do PV, PFL, PTB e PSDB, além do PMDB.

Você pode gostar
Comentários