Marcio da Silva é apontado como responsável pelo assassinato de Ruth Borges, de 88 anos. Ela foi encontrada dentro do poço de sua casa com sinais de violênica - Divulgação
Marcio da Silva é apontado como responsável pelo assassinato de Ruth Borges, de 88 anos. Ela foi encontrada dentro do poço de sua casa com sinais de violênicaDivulgação
Por O Dia

Rio - Um homem foi preso, na manhã desta quinta-feira, apontado como o principal suspeito de ter assassinado Ruth Borges de Barro, de 88 anos. Ela foi encontrada dentro do poço de sua casa, em Magé, no dia 3 de abril, três dias após seu desaparecimento. Ela apresentava sinais de violência no corpo.

O suspeito, identificado como Marcio da Silva, de 30 anos, prestava serviços à vítima. Após o crime, ele teria fugido e nunca mais teria sia visto, nem por seus familiares. Segundo a Delegacia de Homicídios da Baixada, que investiga o caso, ele matou a idosa depois de ela negar um empréstimo de R$ 50. 

Marcio foi encontrado em Petrópolis, em uma região cercada de mato. Os policiais tiveram que caminhar cerca de duas horas para conseguir chegar ao local que o suspeito estaria.

Ele teve sua prisão temporária decretada e foi conduzido para a delegacia especializada, onde seria interrogado.

Você pode gostar