Felipe é quem aponta a arma para a vítima enquanto Franklin dirige a moto - Reprodução / Internet
Felipe é quem aponta a arma para a vítima enquanto Franklin dirige a motoReprodução / Internet
Por O Dia

Rio - O Ministério Público estadual (MPRJ) denunciou os dois bandidos que atacaram um motociclista no último dia 15 de maio, na Avenida Marechal Rondon, na altura do Rocha, Zona Norte da cidade. Franklin Maia Oliveira André, de 18 anos, e Felipe de Souza Valeriano, 19, vão responder pelo crime de tentativa de roubo duplamente qualificado. O segundo já foi preso.

O caso gerou grande repercussão porque a vítima filmou todo o crime por uma câmera acoplada em seu capacete. O motorista ainda levou um tiro na perna após deixar a moto que dirigia (relembre no vídeo mais abaixo).

O crime

Na tentativa de assalto, o motociclista estava trafegando em sua moto, quando foi surpreendido pela aproximação de outra motocicleta conduzida por Franklin. Em seguida, Felipe, que estava na garupa, apontou uma pistola para ele e exigiu: "Para, se não vou atirar".

Como a vítima demorou alguns segundos para desembarcar, Felipe deu duas coronhadas em seu capacete. Depois que a vítima saltou da moto, Felipe efetuou um disparo de arma de fogo em sua perna. Com a tensão dos acontecimentos, os bandidos não levaram a moto.

Reincidentes

Franklin e Felipe têm outras passagens pela polícia, pelo crime de roubo. Contra Franklin, inclusive, já havia um mandado de prisão preventiva em aberto por roubo a uma joalheria, ocorrido no último dia 19 de fevereiro, em Araruama, na Região dos Lagos.

Junto com a denúncia, o MPRJ pediu a manutenção da prisão preventiva dos dois. “Os comportamentos infracionais praticados pelos denunciados intranquilizaram sobremaneira a paz social, a qual restou de modo assaz abalada, impondo a decretação da segregação provisória dos mesmos, com o intuito de restabelecer a Ordem Pública”, diz o documento.

Você pode gostar