Homem põe fogo em apartamento e vizinhos precisam de atendimento médico

Testemunhas disseram que o jovem que provocou o incêndio tem problemas psicológicos

Por O Dia

Rio - Um morador ateou fogo em seu apartamento no sexto andar do número 146, na Avenida Henrique Valadares, no Centro, na tarde de sábado. Segundo testemunhas, o indivíduo tem problemas psicológicos. "Semana passada, ele saiu daqui de camisa de força. Ele voltou e fez isso. Ele é novo, deve ter no máximo 25 anos", conta um porteiro apenas identificado como Márcio.

"Fiquei desesperada porque a roupa que ele tacou fogo ficou presa na marquise do prédio e achei que ia pegar fogo lá dentro de casa, que fica no segundo andar. Saí correndo gritando pelos bombeiros para eles tirarem", conta Giselle Travassos, 39 anos, moradora do prédio. "Graças a Deus desceu todo mundo, puderam voltar para buscar os bichinhos", completa Giselle.

Segundo o Corpo de Bombeiros, dos cinco moradores que tiveram atendimento, três deles (Mariana D. Batista, 32 anos, Cátia G. Souza, 43 anos, e Alexandre Neto, 24) foram encaminhados para o Hospital Municipal Souza Aguiar, também no Centro.

De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde (SMS), o estado de saúde de Catia é estável, enquanto Alexandre deixou o hospital sem autorização médica. Segundo a direção do Souza Aguiar, Mariana não foi atendida na unidade.

Últimas de Rio de Janeiro