Marcos Vinicius da Silva, de 14 anos - Reprodução Instagram
Marcos Vinicius da Silva, de 14 anosReprodução Instagram
Por O Dia

Rio - As Organizações das Nações Unidas (ONU) no Brasil lamentaram a morte do estudante Marcos Vinícius da Silva, de 14 anos, morto durante uma operação policial no Complexo da Maré, na Zona Norte do Rio, na última quarta-feira. De acordo com a ONU, a morte do adolescente "é um exemplo do trágico número de 31 homicídios de crianças e adolescentes que acontecem por dia no Brasil". 

A organização também aproveitou a ocasião e lançou a campanha "Vidas negras", que pede o fim do racismo e da violência letal contra a população negra. Ainda de acordo com o órgão, "é inadmissível que a trajetória de vida de adolescentes, como Marcus Vinícius da Silva e tantos outros, seja interrompida de forma violenta, gerando consequências tão graves quanto permanentes para outras crianças e adolescentes, suas famílias, suas comunidades e a sociedade brasileira".

 

Você pode gostar