Preso homem apontado como 'braço direito' de chefe do tráfico em favelas na Zona Sul

Chandoca tentou fugir, mas foi detido por agentes da Dcod

Por O Dia

Alexandre da Silva Rodrigues, vulgo Chandoca, homem de confiança do chefe do Pavão Pavãozinho e Cantagalo
Alexandre da Silva Rodrigues, vulgo Chandoca, homem de confiança do chefe do Pavão Pavãozinho e Cantagalo -

Rio - Agentes da Delegacia de Combate às Drogas (Dcod) prenderam em flagrante, nesta quarta-feira, Alexandre da Silva Rodrigues, conhecido como Chandoca, no Morro do Cantagalo, em Ipanema. Segundo a Polícia Civil, ele é "braço direito" de Leonardo Serpa de Jesus, o Léo do Dique, apontado como chefe do tráfico nos morros Pavão Pavãozinho e Cantagalo, na Zona Sul do Rio. 

Chandoca foi preso durante uma operação integrada entre as forças de Segurança do Estado Janeiro e as Forças Armadas. De acordo com a Dcod, o homem ficava, na ausência de Léo, responsável por toda logística do comércio de drogas nas comunidades.

Segundo as investigações, por não possuir mandado de prisão contra ele, Alexandre permanecia livremente no interior da comunidade monitorando a movimentação dos agentes de segurança, transmitindo as orientações aos integrantes da quadrilha por meio de aplicativos de mensagens.

No momento da chegada dos agentes em sua residência, Chandoca tentou escapar pelos fundos mas acabou detido pelos policiais. No celular do homem, de acordo com a Dcod, havia diversas mensagens informando sobre a operação policial no local e orientando que as drogas e armas fossem escondidas para evitar prejuízos financeiros dos criminosos.

O homem foi conduzido à sede da Dcod, em Maria da Graça, na Zona Norte e, após uma análise ao conteúdo das referidas mensagens pelo setor de busca eletrônica, foi preso em flagrante pelo crime de associação ao tráfico e organização criminosa. Chandoca já havia sido preso anteriormente pelo mesmo crime e responde por crimes de roubo e tráfico de drogas.

Últimas de Rio de Janeiro