Bebê sequestrada segue internada em hospital em Duque de Caxias

Mãe foi morta e seu corpo localizado parcialmente carbonizado em 6 de julho, perto de uma represa de Paraibuna

Por O Dia

Polícia encontrou o bebê-recém nascido em uma favela de Duque de Caxias
Polícia encontrou o bebê-recém nascido em uma favela de Duque de Caxias -

Rio - O bebê recém-nascido, que teria sido retirado da barriga da mãe em uma cesariana forçada em Paraibuna, São Paulo, tem o quadro de saúde estável e segue internado no Hospital Municipal Dr Moacyr Rodrigues do Carmo, em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense, de acordo com a Secretaria Municipal de Saúde. A menina, que foi encontrada com um casal em uma favela de Caxias, foi diagnosticada com sífilis congênita.

A mãe, identificada como Leila dos Santos, foi morta, e o corpo localizado parcialmente carbonizado no dia 6 de julho, perto de uma represa de Paraibuna, no interior de São Paulo. A vítima tinha uma cicatriz na barriga semelhante a uma cesariana. Ao lado do corpo, foram encontrados resíduos que aparentavam ser placenta.

A prisão temporária de Nicolas Diniz Lopes Caetano, de 21 anos; e Maria Teresinha Generoso Rodrigues Vieira, de 33 anos; foi decretada no último dia 11. O homem e a mulher foram identificados depois que ela tentou registrar a criança sem documentos no cartório da cidade.

Policiais da 59ª DP (Duque de Caxias), onde o caso foi registrado, ressaltaram que a investigação está a cargo da Delegacia de Paraibuna. Os agentes de lá entraram em contato, na noite desta sexta-feira, com policiais da Core e informaram que o casal estava próximo à Favela do Lixão, em Caxias.

Os presos serão transferidos para São Paulo e ouvidos pela delegacia responsável pelo caso, como confirmou em nota a Secretaria de Segurança Pública de São Paulo (SSP). A pasta acrescentou que as investigações continuam pela Delegacia de Paraibuna, e não informou se os presos têm antecedentes criminais.

Galeria de Fotos

Polícia encontrou o bebê-recém nascido em uma favela de Duque de Caxias Divulgação / Polícia Civil
Menina foi resgatada por policiais em Caxias e levada para hospital Divulgação/ Polícia Civil

Últimas de Rio de Janeiro